1 evento ao vivo

PF faz operação contra quadrilha de traficantes que agia no PR e RS

14 ago 2013
08h25
atualizado às 08h25
  • separator
  • 0
  • comentários

Cerca de 70 policiais federais participam na manhã desta quarta-feira da Operação Caturra. A ação quer desarticular uma organização criminosa ligada ao tráfico de drogas na região de Londrina (PR), com ramificações em outras cidades paranaenses e também gaúchas. Ao todo, estão sendo cumpridos oito mandados de prisão e 16 mandados de busca e apreensão nas cidades de Londrina, Ibiporã, Cambé, Sertanópolis e Foz do Iguaçu, no Paraná, e em Lajeado, no Rio Grande do Sul.

Polícia Federal já apreendeu drogas, armas e munições de quadrilha de traficantes que atuava no Paraná e Rio Grande do Sul
Polícia Federal já apreendeu drogas, armas e munições de quadrilha de traficantes que atuava no Paraná e Rio Grande do Sul
Foto: Polícia Federal / Divulgação

<a data-cke-saved-href="http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/batismo-de-fogo/" href="http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/batismo-de-fogo/">Os nomes “inusitados“das operações policiais</a>

A operação conta com o apoio de uma equipe do Choque Canil, da Polícia Militar, com cães farejadores. Desde o início das investigações, em fevereiro deste ano, 12 pessoas já foram presas e aproximadamente 600 quilos de maconha, 60 quilos de crack, 275 munições e uma arma de fogo foram apreendidos.

Segundo a Polícia Federal, os suspeitos usavam o dinheiro arrecadado com a venda de drogas para a compra de veículos, que eram então trocados por drogas em transações na região de fronteira com o Paraguai. A operação recebeu o nome de caturra, que em linguagem popular significa teimoso, em alusão à continuidade da atuação da quadrilha mesmo após as apreensões de drogas e a prisão de integrantes pela PF.   

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade