1 evento ao vivo

Laudo aponta que menina Joanna morreu de meningite no Rio

6 out 2010
21h30
atualizado às 22h00

Um laudo do Instituto Médico Legal (IML) informou, nesta quarta-feira, que a causa da morte da menina Joanna Cardoso Marins, 5 anos, foi meningite. Apesar do exame, a polícia continuará investigando as lesões apresentadas por Joanna ao ser internada. De acordo com familiares, a criança apresentava um edema cerebral, hematomas nas pernas e sinais de queimaduras nas nádegas e no tórax. A menina morreu em agosto.

Na terça-feira, o Procurador-Geral de Justiça do Rio de Janeiro, Cláudio Lopes, rejeitou o pedido de arquivamento do inquérito policial que apurou supostos maus-tratos cometidos contra a menina Joanna Cardoso Marcenal Marins, em 2007, pelo pai, André Rodrigues Marins.

Conforme o parecer técnico da Procuradoria-Geral de Justiça, as informações colhidas no Inquérito da 52ª DP (Nova Iguaçu) não trazem elementos suficientes para a denúncia ou para o arquivamento neste momento e a investigação continua. Lopes determinou que a promotora do caso, Elisa Ramos Pittaro Neves, seja substituída.

Fonte: O Dia

compartilhe

publicidade