PUBLICIDADE

Papa diz que JMJ foi 'um grande presente' e sente 'saudade' do Brasil

4 set 2013 07h58
| atualizado às 10h38
ver comentários
Publicidade

O papa Francisco disse pela manhã na praça São Pedro, no Vaticano, durante a audiência pública das quartas-feiras, que sua viagem ao Rio de Janeiro, para participar da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) foi um "grande presente" e que tem "saudade" do Brasil. O pontífice explicou, diante de uma praça lotada de fiéis, que embora já tenha passado um mês do evento, gostaria de dedicar sua homilia à jornada.

Em seu discurso, o Papa pediu que os jovens "sejam a esperança do mundo" e lembrou aqueles que "não saem nas notícias por cometer atos violentos ou dar escândalos", mas sim que se dedicam a fazer o bem. "Tenho muita saudade do Brasil", acrescentou Francisco, que para resumir a experiência do Rio de Janeiro enumerou três palavras: "amparada, festa e missão".

O Papa aproveitou a audiência para reforçar seu pedido para que neste sábado seja realizada uma jornada de oração e jejum pela paz na Síria.

Papa Francisco no Brasil
A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2013 foi realizada entre os dias 23 e 28 de julho, no Rio de Janeiro. O evento, organizado a cada dois ou três anos, promove um encontro internacional de jovens católicos com o Papa. Esta edição da JMJ reuniu mais de 3 milhões de pessoas, entre elas peregrinos de 175 países. A JMJ 2013 marcou também a primeira visita internacional do papa Francisco desde sua nomeação como líder máximo da Igreja Católica, em 13 de março deste ano. A próxima edição do evento será realizada em 2016, em Cracóvia, na Polônia.

 

EFE   
Publicidade
Publicidade