3 eventos ao vivo

Com atrasos, construção de obra de Niemeyer na Argentina segue vigente

6 dez 2012
19h02
atualizado em 7/12/2012 às 00h53
  • separator

O "Puerto de la Música", única obra que o arquiteto Oscar Niemeyer desenhou para a Argentina, é um projeto que "segue vigente" apesar de sua construção ter sido postergada por problemas de financiamento e disputas com trabalhadores portuários.

Niemeyer desenhou apenas uma obra para a Argentina
Niemeyer desenhou apenas uma obra para a Argentina
Foto: Andre Naddeo / Terra

O presidente da Fundação "Puerto de la Música", Ricardo Silberstein, esclareceu nesta quinta-feira em declarações que o projeto está "à espera de melhores condições econômicas e da autorização pendente da Direção de Navegáveis da Argentina".

Com este espaço cultural, que será erguido na cidade de Rosário a margens do Rio Paraná, as autoridades locais esperam que se produza um impacto cultural e econômico como o que produziu o Museu Guggenheim em Bilbao e a Ópera de Frutillar no Chile.

Silberstein revelou que já conversou com o governador de Santa Fé (província onde está a cidade de Rosário), Antonio Bonfatti, que manifestou que "a decisão política é levar o projeto adiante".

O projeto é um complexo cultural com sala de concertos, centro de exposições e escola de música, com uma capacidade interna de 2,5 mil espectadores e uma esplanada externa para mais de 30 mil pessoas.

Silberstein afirmou que é uma "pena" que Niemeyer não tenha podido ver pelo menos "a primeira pedra de seu último grande projeto".

O início deste projeto foi postergado por falta de financiamento já que o orçamento foi redirecionado para a construção de hospitais, centros de saúde e escolas.

A licitação da obra de Niemeyer rondava os US$ 62 milhões e a concessionária a cargo da construção deveria ter iniciado as obras no último dia 26 de abril, mas as freou por um protesto do sindicato de trabalhadores portuários que temiam a perda de seus empregos.

Morre Oscar Niemeyer
O arquiteto Oscar Niemeyer morreu às 21h55 do dia 05 de dezembro de 2012, aos 104 anos, no Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, de infecção respiratória. Ele estava internado na instituição de saúde desde o dia 6 de novembro, onde alternou quadros de melhoria e de piora na saúde.

Considerado um dos nomes mais influentes da arquitetura moderna mundial, Niemeyer foi responsável pelas principais obras da construção de Brasília, inaugurada em 1960. Carioca, nasceu em 15 de dezembro de 1907 no bairro de Laranjeiras, no Rio.

Veja também:

Polícia investiga ação do PCC nas eleições em SP
EFE   
publicidade