0

Irritado, doleiro Alberto Youssef quebrou vidro da cadeia

Youssef tem problemas cardíacos e, segundo seus advogados, está sob alto estresse e com a saúde “bastante debilitada”.

1 dez 2014
08h39
atualizado às 08h39
  • separator
  • comentários

O doleiro Alberto Youssef, preso há oito meses acusado de distribuir propinas para obras da Petrobras, quebrou um vidro da carceragem da Polícia Federal durante uma discussão com um advogado, de acordo com informações publicadas pela Folha de S. Paulo. O advogado acabou bancando o conserto do vidro.

<p>No sábado, Alberto Youssef foi levado ao Hospital Santa Cruz, em Curitiba, após passar mal na carceragem</p>
No sábado, Alberto Youssef foi levado ao Hospital Santa Cruz, em Curitiba, após passar mal na carceragem
Foto: Twitter

O caso aconteceu no fim de outubro após o doleiro ter sido internado. Youssef tem problemas cardíacos e, segundo seus advogados, está sob alto estresse e com a saúde “bastante debilitada”.

O vidro em questão é do parlatório, espaço onde os presos podem conversar por telefone com advogados visitantes. Irritado durante uma conversa, Youssef bateu com os pulsos no vidro, que rachou. A defesa afirma ter indenizado a PF pelo dano, de cerca de R$ 350.

De acordo com o jornal, o vidro ainda não havia sido consertado até sexta-feira passada.

No sábado, Youssef foi levado ao Hospital Santa Cruz, em Curitiba, após passar mal na carceragem.  Segundo boletim médico, ele permanece internado e apresenta bom estado geral.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade