0

Ex-governador do RJ Garotinho é detido durante programa de rádio

13 set 2017
13h49
atualizado às 14h07
  • separator
  • comentários

O ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, foi detido nessa quarta-feira pela polícia federal no momento em que apresentava seu programa de rádio em um emissora carioca, informou a polícia federal.

Garotinho foi conduzido para a sede da PF em Campos dos Goytacazes, no norte do Estado, onde deve fazer exames de corpo de delito e ser interrogado no caso que investiga o uso de um programa social municipal, conhecido como Cheque Cidadão, em troca de votos de moradores da cidade, reduto eleitoral dele e da mulher, Rosinha Garotinho.

Depois do exame de corpo de delito e da oitiva, Garotinho deve ser levado para casa onde irá cumprir prisão domiciliar. Ele terá de usar tornozeleira eletrônica, de acordo com a decisão da Justiça eleitoral de Campos.

Garotinho já tinha sido preso no ano passado no âmbito dessa mesma investigação conduzida pelo TRE. Ele chegou a passar mal logo após a prisão e precisou ser internado. Mais tarde, a prisão dele foi revertida no TSE.

Segundo assessores, os advogados de Garotinho já foram acionados e se preparam para tentar reverter na Justiça a detenção do ex-governador.

Garotinho teve de interromper o seu programa na Rádio Tupi , após a chegada dos policiais ao estúdio.

Gravações da emissora mostram que um comercial foi chamado e, na volta do break, um outro apresentador já estava na vaga de Garotinho. Ele alegou que o âncora precisou se ausentar devido a problemas na voz.

Garotinho foi governador do Rio de Janeiro, prefeito de Campos e deputado federal. Seu reduto eleitoral sempre foi a cidade de Campos no norte do Estado, onde a mulher Rosinha também foi prefeita --ela também governou o Estado.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade