0

Coronavírus: Brasil tem mais mortes por dia do que Itália desde 1º óbito

Desde 1º óbito, em 17 de março, até último domingo, foram 136 mortes no país. Na Itália, foram 107 mortes.

30 mar 2020
15h45
atualizado às 17h14
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Brasil teve mais mortes por dia do que a Itália, atualmente o país com mais mortos pela pandemia de coronavírus, desde que o primeiro óbito foi registrado, de acordo com um levantamento da BBC News Brasil a partir de dados da plataforma Worldometer.

Atendimento emergencial a paciente na Itália, em foto de 19 de março; país teve 107 mortes em seus 13 primeiros dias
Atendimento emergencial a paciente na Itália, em foto de 19 de março; país teve 107 mortes em seus 13 primeiros dias
Foto: Difesa/Ita / BBC News Brasil

Até o domingo (29 de março), o país registrava 136 mortes (98 apenas no Estado de São Paulo) relacionadas a covid-19, a doença causada pelo novo vírus.

A primeira morte no Brasil foi registrada em 17 de março, em São Paulo.

Nesse mesmo intervalo de tempo (13 dias), a Itália contabilizou 107 mortes, ou oito por dia, desde seu primeiro óbito (21 de fevereiro).

Desde a confirmação do primeiro caso de coronavírus até o último domingo (29 de março), o Brasil registrou 136 mortes. Já a Itália, cerca de 10,8 mil.

É importante destacar que a comparação de dados, embora traga alertas importantes, não é necessariamente indicativo de que o Brasil terá a mesma trajetória epidêmica que outros países.

Isso porque diversas variáveis podem influenciar nessa trajetória, como estado de saúde dos doentes, tamanho da população idosa, resposta dos governos e capacidade do sistema de saúde em atender os pacientes, por exemplo.

Comparação com países

Na mesma base de comparação, o Brasil teve o segundo maior número de mortos por dia entre os países com mais mortes atualmente desde o registro do primeiro óbito, atrás apenas da Espanha.

Nos 13 dias seguintes à confirmação da primeira morte de um paciente por covid-19, em 3 de março, a Espanha contabilizou 294 mortos, ou 22,6 por dia.

A Itália ocupa a terceira posição nesse comparativo, com 107 mortos, seguida de Portugal (100 mortos), Bélgica (88 mortos) e Alemanha (84 mortos).

Os Estados Unidos registraram 41 mortes nos 13 dias seguintes ao registro do primeiro óbito (29 de fevereiro), ou 3,1 por dia.

Já China, epicentro da pandemia, teve apenas 17 mortos nesse mesmo intervalo de tempo, ou 1,3 morte por dia. A primeira morte no país foi registrada em 11 de janeiro.

Paciente em Wuhan, na China, em janeiro; trajetória de casos depende de diversas variáveis
Paciente em Wuhan, na China, em janeiro; trajetória de casos depende de diversas variáveis
Foto: Governo da China / BBC News Brasil

Até o domingo, os países com o maior número de mortos por covid-19 à frente do Brasil eram, respectivamente: Itália, Espanha, China, Irã, França, Estados Unidos, Reino Unido, Holanda, Alemanha, Bélgica, Suíça, Coreia do Sul e Portugal.

Em todo o mundo, o novo coronavírus já infectou mais de 735 mil pessoas e deixou pelo menos 34 mil mortos.

"Achatar a curva"

Especialistas apontam que qualquer análise sobre o número de mortos tem de levar em conta inúmeras variáveis, como período analisado, particularidades de cada país (tamanho da população, população idosa, número de leitos, etc), medidas tomadas por governos (como distanciamento social ou isolamento) e estado de saúde dos doentes - se eles fazem parte ou não do grupo de risco, ou seja, se têm mais de 60 anos ou doenças pré-existentes.

A França, por exemplo, teve apenas duas mortes nos 13 dias seguintes ao primeiro óbito. Mas, atualmente, é o quinto país em número de mortos (2.606).

Já a Alemanha, ainda que tenha contabilizado 84 óbitos no mesmo intervalo de tempo, registrou muito menos mortes até agora: 541.

No entanto, eles alertam que medidas como testes em massa, distanciamento social e isolamento da população são necessárias para "achatar a curva" de infectados e evitar a saturação dos sistemas de saúde.

Caso isso não ocorra, o resultado pode ser desastroso: um número considerável de mortes, muitas das quais "evitáveis".

"A diferença entre a Itália e a China foi de menos de uma semana, do momento em que passaram de cem casos para o momento do isolamento. E a Itália foi pelo caminho que foi. Esse é o problema, na verdade", disse à BBC News o virologista Atila Iamarino em entrevista recente.

"A covid-19 se espalha muito rápido. E causa problemas muito cedo. O ideal é que a gente pare o quanto antes e, depois, revise para ver se aquilo era o ideal de ter sido feito ou não. No caso dessa doença, pela velocidade com que ela se espalha, é preferível errar pela (pelo excesso de) precaução, na verdade", acrescentou.

Hospital de Campanha sendo montado no Anhembi, em São Paulo, principal polo do coronavírus no Brasil
Hospital de Campanha sendo montado no Anhembi, em São Paulo, principal polo do coronavírus no Brasil
Foto: EDSON LOPES JR/SECOM / BBC News Brasil

Confira a seguir quantas mortes ocorreram após 13 dias do primeiro óbito nos países com o maior número de mortos atualmente (em ordem decrescente)*.

1) Itália

1ª morte: 21 de fevereiro

Total de mortos após 13 dias (04 de março): 107

Média de mortes por dia: 8,2

Número total de mortos: 10.799

2) Espanha

1ª morte: 3 de março

Total de mortos após 13 dias (15 de março): 294

Média de mortes por dia: 22,6

Número total de mortos: 7.340

3) China

1ª morte: 11 de janeiro

Total de mortos após 13 dias (23 de janeiro): 17

Média de mortes por dia: 1,3

Número total de mortos: 3.304

4) Irã

1ª morte: 19 de fevereiro

Total de mortos após 13 dias (02 de março): 66

Média de mortes por dia: 5,1

Número total de mortos: 2.757

5) França

1ª morte: 15 de fevereiro

Total de mortos após 13 dias (27 de fevereiro): 2

Média de mortes por dia: 0,15

Número total de mortos: 2.606

6) Estados Unidos

1ª morte: 29 de fevereiro

Total de mortos após 13 dias (12 de março): 41

Média de mortes por dia: 3,15

Número total de mortos: 2.490

7) Reino Unido

1ª morte: 5 de março

Total de mortos após 13 dias (17 de março): 71

Média de mortes por dia: 5,5

Número total de mortos: 1.228

8) Holanda

1ª morte: 6 de março

Total de mortos após 13 dias (18 de março): 58

Média de mortes por dia: 4,5

Número total de mortos: 771

9) Alemanha

1ª morte: 9 de março

Total de mortos após 13 dias (21 de março): 84

Média de mortes por dia: 6,5

Número total de mortos: 541

10) Bélgica

1ª morte: 11 de março

Total de mortos após 13 dias (23 de março): 88

Média de mortes por dia: 6,8

Número total de mortos: 513

11) Suíça

1ª morte: 5 de março

Total de mortos após 13 dias (17 de março): 27

Média de mortes por dia: 2,1

Número total de mortos: 312

12) Coreia do Sul

1ª morte: 20 de fevereiro

Total de mortos após 13 dias (3 de março): 32

Média de mortes por dia: 2,5

Número total de mortos: 158

13) Portugal

1ª morte: 16 de março

Total de mortos após 13 dias (28 de março): 100

Média de mortes por dia: 7,7

Número total de mortos: 140

14) Brasil

1ª morte: 17 de março

Total de mortos após 13 dias (29 de março): 136

Média de mortes por dia: 10,4

Número total de mortos: 136

*até o domingo, 29 de março

Fonte: Worldometer

Veja também:

Escalada de casos de covid-19 nos frigoríficos
BBC News Brasil BBC News Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC News Brasil.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade