0

Congresso aprova crédito suplementar para combate a crimes ambientais na Amazônia

12 ago 2020
21h18
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Congresso Nacional aprovou nesta quarta-feira proposta que abre crédito suplementar de 616 milhões de reais para três ministérios, sendo 410 milhões de reais para as Forças Armadas usarem na Operação Verde Brasil 2, de combate a crimes ambientais na Amazônia Legal, segundo informações da Agência Câmara.

Área desmatada da floresta amazônica perto de Apuí, no Amazonas
11/08/2020
REUTERS/Ueslei Marcelino
Área desmatada da floresta amazônica perto de Apuí, no Amazonas 11/08/2020 REUTERS/Ueslei Marcelino
Foto: Reuters

A operação foi iniciada em maio, em meio à pandemia do novo coronavírus, e seguirá até novembro.

Com a presença dos militares, o desmatamento na floresta amazônica registrou queda de 26,7% em julho na comparação com o mesmo mês do ano passado, mas subiu 34,5% no acumulado em 12 meses, se comparado com o mesmo período anterior, mostraram dados preliminares do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) divulgados na sexta-feira passada.

A proposta aprovada pelo Congresso também prevê repasses de 195,7 milhões de reais, por meio de fundos nacionais, para ações na segurança pública, no âmbito do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Há ainda o repasse de 10,2 milhões de reais para o município de Bananeiras (PB), a fim de fortalecer a pesca local, por meio de repasses do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Veja também:

Jovem morto a tiros no Consolata era paraguaio e não tinha antecedentes
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade