PUBLICIDADE

Com presidente de Portugal e sem Bolsonaro, Museu da Língua Portuguesa é reinaugurado em SP

31 jul 2021 15h20
ver comentários
Publicidade

O Museu da Língua Portuguesa foi reinaugurado neste sábado após um incêndio que destruiu parcialmente suas instalações em dezembro de 2015, em uma solenidade que não contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro, mas teve a participação do presidente de Portugal, Marcelo Ribeiro de Sousa.

A cerimônia oficial de inauguração do museu, localizado em um dos principais prédios históricos da região central da capital paulista, a Estação Luz, e vinculado ao governo de São Paulo, foi apenas para convidados, mas a partir do domingo ele já estará aberto ao público. Em razão da pandemia, haverá medidas de restrição para evitar o contágio por Covid-19.

O governador de São Paulo, João Doria, e o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, participaram da reinauguração.

Procurada, a Secretaria de Comunicação da Presidência não respondeu de imediato a pedido de comentário a respeito da ausência de Bolsonaro. O presidente participou neste sábado de uma motociata e eventos em Presidente Prudente, no interior paulista.

Bolsonaro voltou a subir o tom neste sábado e disse em discurso a apoiadores que não vai aceitar uma "farsa" nas eleições, insinuando -- novamente sem provas -- que haveria irregularidades nas urnas eletrônicas e defendendo a adoção do voto impresso para elas.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade