1 evento ao vivo

RS: em dia de novo protesto, prefeito vai liberar servidores mais cedo

1 abr 2013
10h38
atualizado às 10h38
  • separator
  • 0
  • comentários

Um novo protesto contra o aumento da passagem de ônibus em Porto Alegre (RS) está previsto para as 18h desta segunda-feira em frente ao prédio da prefeitura, segundo o grupo Coletivo em Movimento divulgou na rede social Facebook. Por causa da mobilização, o prefeito José Fortunati anunciou que irá liberar os servidores municipais às 17h30. 

<p>Grupo vai protestar novamente em frente &agrave; prefeitura contra o aumento da passagem de &ocirc;nibus na capital ga&uacute;cha</p>
Grupo vai protestar novamente em frente à prefeitura contra o aumento da passagem de ônibus na capital gaúcha
Foto: Diogo Sallaberry/LLPhoto Press / Futura Press

A decisão é uma medida de segurança. Na última quarta-feira, pelo menos uma pessoa ficou ferida e outra foi presa durante uma manifestação em frente ao prédio da prefeitura. Cerca de 300 manifestantes entraram em confronto com a Guarda Municipal e a Tropa de Choque da Brigada Militar.

Segundo o relato de testemunhas, os manifestantes tentaram forçar a entrada no prédio e foram impedidas pela polícia, que reagiu com bombas de efeito moral e gás lacrimogêneo. O secretário municipal de Coordenação Política e Governança Local, Cézar Busatto, tentou falar com os manifestantes, mas foi agredido e atingido com tinta.

O grupo Coletivo em Movimento informou na rede social que "no Dia da Mentira, o povo levanta a voz mais uma vez contra a "mentira" da prefeitura e dos barões do transporte". Os manifestantes consideram abusivo o aumento da tarifa de ônibus na capital gaúcha, que desde a semana passada passou de R$ 2,85 para R$ 3,05. "Somos muitos, mais que ontem, menos que amanhã. Segunda-feira seremos milhares", avisa o texto dos divulgadores da mobilização. 

 

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade