1 evento ao vivo

Resumo do dia: morte de Boechat, 'espionagem' de bispos, CPI da 'Lava Toga' arquivada

Incêndio em alojamento do Bangu e vídeo de criança que morreu no Metrô de SP também foram os destaques desta segunda-feira, 11

11 fev 2019
20h04
  • separator
  • comentários

Ricardo Boechat morre em queda de helicóptero em SP

O jornalista Ricardo Eugênio Boechat, de 66 anos, morreu na queda de um helicóptero no Rodoanel no início da tarde desta segunda-feira, 11. A aeronave caiu no quilômetro 7, próximo ao acesso à Rodovia Anhanguera, na chegada a São Paulo, em cima de um caminhão. Testemunhas relataram para o 'Estadão' os detalhes do acidente.

Vídeo mostra criança que morreu no Metrô de SP

Imagens de câmeras de segurança mostram que o menino Luan Silva de Oliveira, de 3 anos, morto no dia 23 de dezembro de 2018 após correr de um vagão em que estava com a família e ser atingido por um trem em uma estação do Metrô de São Paulo, correu na plataforma para dentro do túnel por uma portinhola.

Oposição quer convocar Heleno para explicar 'espionagem' de bispos

A oposição ao governo Jair Bolsonaro quer convocar o ministro Augusto Heleno, chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), para prestar explicações das atividades de inteligência sobre o 'clero progressista'(o Planalto recebeu relatórios com detalhes das reuniões de preparação do Sínodo da Amazônia), reveladas pelo Estadão.

Presidente do Senado confirma arquivamento de CPI da 'Lava Toga'

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), confirmou que arquivou, por falta de assinaturas, o pedido de abertura Comissão Parlamentar de inquérito (CPI) da 'Lava Toga', como foi apelidada. O requerimento era de autoria do senador Delegado Alessandro Vieira (PPS-SE) e tinha o objetivo de apurar 'ativismo judicial' em tribunais superiores.

Incêndio atinge alojamento do Bangu e jogadores são levados ao hospital

Jogadores do Bangu comemoram gol pelo Campeonato Carioca
Jogadores do Bangu comemoram gol pelo Campeonato Carioca
Foto: Divulgação/Bangu / Estadão

Outro incêndio com jogadores de futebol no Rio de Janeiro: dois atletas da categoria de base do Bangu descansavam no alojamento da CDA (Comissão de Desportos da Aeronáutica), em Campo dos Afonsos, na zona oeste carioca, quando o local começou a pegar fogo. Eles conseguiram escapar e foram encaminhados para o Hospital da Aeronáutica.

Newsletter

Para ficar bem informado, assine as newsletters do Estado e receba os destaques do noticiário por e-mail.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade