PUBLICIDADE

Peeling de fenol: influencer não tinha capacitação para fazer curso, diz farmacêutica

Responsável por ministrar o curso sobre procedimento estético prestou depoimento à polícia após morte de paciente em clínica. Defesa diz que alegações são 'inverídicas'

12 jun 2024 - 16h19
(atualizado em 13/6/2024 às 10h49)
Compartilhar
Exibir comentários

A farmacêutica Daniele Stuart, que oferece cursos na área de estética, prestou depoimento à Polícia Civil do Paraná nesta quarta-feira, 12, depois de ser envolvida na investigação sobre a morte de Henrique Chagas, de 27 anos, em decorrência de um procedimento de peeling de fenol.

Empresário Henrique Chagas, de 27 anos, morreu depois de fazer procedimento estético na clínica de Natalia Becker
Empresário Henrique Chagas, de 27 anos, morreu depois de fazer procedimento estético na clínica de Natalia Becker
Foto: Reprodução/Facebook e Rick Chagas e Reprodução/Facebook/Studio Natalia Becker / Estadão
  • A influencer Natalia Becker, responsável por aplicar o procedimento, teria aprendido a técnica em um curso online oferecido por Daniele. Natalia foi indiciada por homicídio com dolo eventual (quando se assume o risco de matar) e responde em liberdade.

À polícia, Daniele disse que Natalia não estava habilitada a atuar na área e que a capacitação é destinada a profissionais de farmácia, biomedicina, enfermagem, odontologia, medicina e fisioterapia dermatofuncional. A defesa de Natalia diz que as alegações são "inverídicas" e que as acusações são "precipitadas sem, ao menos, analisar o próprio impresso apresentado" (leia mais sobre a defesa abaixo).

O curso, que tem seis horas de duração, é oferecido por meio de uma plataforma online e pode ser acessado por qualquer pessoa que pague a inscrição. Segundo o advogado Jeffrey Chiquini, que representa a farmacêutica, a formação não tem caráter profissionalizante e é "exclusivamente conceitual".

O defensor da especialista reforça que o curso livre é autorizado pela legislação vigente e que a farmacêutica possui as qualificações exigidas para ensinar ensinar procedimentos do tipo.

"Se a Natalia tivesse seguido o protocolo ensinado pela doutora Daniele Stuart, isso não teria acontecido. Todos os procedimentos que aquela senhora aplicou não condizem com o curso fornecido por ela", afirmou Chiquini, ressaltando que Daniele nunca teve contato com a acusada.

A farmacêutica se defendeu também nas redes sociais. Em uma publicação, disse que há evidências de que Natalia lesionou a pele do paciente antes da aplicação do fenol, o que "qualquer profissional habilitado na área da estética sabe que não se faz em pele que não esteja íntegra".

Nesta terça-feira, 11, o curso online de Daniele Stuart estava indisponível. Na plataforma, a farmacêutica diz que é pós-graduada em "estética invasiva internacional". De acordo com Chiquini, ela já teve mais de 3 mil alunos.

Em nota, a advogada Tatiana Forte, que representa Natalia Becker, diz que "as informações necessárias estão sendo esclarecidas na sede cabível, sendo apresentadas à autoridade competente".

"Também não procedem as alegações e declarações de Daniele Stuart e de seu advogado de que o curso livre é conceitual, ou mero 'audiobook'. Essas declarações vão de encontro com a orientação do MEC, que regula e define que estes cursos podem servir de 'preparação para o exercício profissional de algumas ocupações básicas do mundo do trabalho ou relacionadas ao exercício pessoal de atividades geradoras de trabalho e renda.(...)', com amparo no Art. 42 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional."

"Em restituição da verdade, no curso de Daniele Stuart foi ministrado e informado o tratamento propriamente dito, protocolos, métodos, os produtos a serem utilizados, onde adquiri-los, riscos e intercorrências, não sendo abordado ou sinalizado, em momento algum, risco à saúde ou à vida", acrescentou a defesa de Natalia, que diz que "se existia alguma vedação, houve relevante omissão de Daniela Stuart".

O que é peeling de fenol?

O procedimento "peeling de fenol" consiste na aplicação de um ácido no rosto para reduzir manchas de pele. Segundo o Conselho Federal de Medicina (CFM), é uma intervenção invasiva e reações imprevisíveis ocorrem com frequência. Por isso, deve ser realizado por médico em ambiente hospitalar com monitoramento cardíaco.

A substância é tóxica e pode causar arritmias no paciente, por isso também são necessários exames para verificar a saúde do coração, como eletrocardiograma.

De acordo com o marido de Natalia, tais exames não eram exigidos dos pacientes da clínica. O preparo, segundo ele, se limitava à limpeza do rosto e aplicação de anestésico antes do fenol.

Na semana passada, a clínica da influencer, na zona sul de São Paulo, foi interditada e multada pela Vigilância Sanitária Municipal por exercer procedimentos em desacordo com a legislação vigente.

O empresário Henrique Chagas foi enterrado em Pirassununga, no interior, na última quinta-feira, 6. A defesa de Natalia diz que aguarda o laudo dos exames que determinarão a causa da morte do empresário.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade