2 eventos ao vivo

Paraguai apreende mais de 16 toneladas de maconha na fronteira com o Brasil

Operação da polícia paraguaia na região de Pedro Juan Caballero desarticulou 62 acampamentos clandestinos e destruiu 59 hectares de plantações ilegais

11 jul 2019
06h08
atualizado às 08h26
  • separator
  • 0
  • comentários

A Polícia do Paraguai apreendeu mais de 16 toneladas de maconha durante dez dias de operações rurais e urbanas na região de Pedro Juan Caballero, na fronteira com o Brasil. Denominada Operação Soberania, a ação desarticulou 62 acampamentos clandestinos e encontrou 15,9 toneladas de maconha picada e 776 quilos já prensados da droga.

Polícia acredita que tenha tirado de circulação cerca de 193 toneladas da droga
Polícia acredita que tenha tirado de circulação cerca de 193 toneladas da droga
Foto: Senad/Divulgação / Estadão

Segundo a Secretaria Nacional Antidroga do Paraguai (Senad), os policiais ainda destruíram 59 hectares de plantações ilegais de maconha. No total, o órgão calcula que 193 toneladas da substância foram tiradas de circulação. O montante total valeria US$ 5,8 milhões (R$ 21,8 milhões).

Esta foi a segunda grande operação da Senad neste ano. Na primeira delas, chamada Amambaí I, os agentes apreenderam aproximadamente 13,5 toneladas de maconha e destruíram 151 hectares cultivados da planta. Em 2018, a Senad realizou 601 operações de combate ao tráfico de drogas, tirando de circulação 5 mil toneladas de maconha, entre apreensões e destruição de plantações da droga.

O Paraguai é o maior produtor de maconha da América do Sul. O Brasil é o principal destino da droga produzida no país vizinho. / Com informações da EFE

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade