PUBLICIDADE

Morre aos 54 anos o ilustrador Klebs de Moura Júnior

Com passagens por jornais e revistas, como o Estadão, ele lutava contra um câncer desde 2017. 'Quadrinista de mão cheia', definiu amigo

20 nov 2021 17h15
ver comentários
Publicidade

Morreu nesta sexta-feira, 19, aos 54 anos, o ilustrador, roteirista e professor de histórias em quadrinhos Klebs de Moura Júnior. Entusiasta do desenho, trabalhou em diversos jornais e revistas, como o Estadão, além da Folha de S. Paulo, Veja e Época. Ele lutava contra um câncer desde 2017.

Natural de Rio Claro, Moura Júnior trabalhou para editoras como a Marvel, DC, Valiant e Malibu e publicou nas revistas Metal Pesado e Brazilian Heavy Metal. Em 1998, fundou o Instituto HQ, onde trabalhava e agenciava novos artistas. Antes, havia fundado a escola Impacto Quadrinhos.

No ano 2000, anunciou a publicação da HQ pós-apocalíptica Tropa de Choque 1994, projeto que retomou em fevereiro de 2014 por meio de um financiamento coletivo e acabou rebatizado como Pátria Armada. A iniciativa foi levada às bancas por meio de sua editora em janeiro de 2015.

"Klebs era um ilustrador e quadrinista de mão cheia. Foi um dos brasileiros desbravadores do mercado americano de quadrinhos. Realizou o sonho de ter a sua própria escola de desenho, que formou muitos outros desenhistas. Mas foi, sobretudo, um grande colega e um grande amigo. Trabalhou comigo nos meus melhores anos de Estadão, compartilhando conhecimento, experiência, mas também muitas risadas. Vai fazer muita falta, mas vai ficar para sempre na minha lembrança", disse o ilustrador Eduardo Baptistão.

Estadão
Publicidade
Publicidade