PUBLICIDADE

Homem de Sarandi é condenado a 21 anos de prisão por estupro de vulnerável

Denúncia foi feita por ONG dos Estados Unidos; criminoso também produzia e armazenava material pornográfico infantil

19 jun 2024 - 10h36
Compartilhar
Exibir comentários

A Justiça da Comarca de Sarandi, no norte do Estado, sentenciou um homem a 21 anos e quatro meses de prisão por estupro de vulnerável, registro de pornografia infantil e armazenamento desse tipo de material. O julgamento ocorreu na segunda-feira (17).

Foto: Canva / Porto Alegre 24 horas

A denúncia foi realizada em novembro de 2023 pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul (MPRS) após receber informações de uma ONG dos Estados Unidos que combate o abuso sexual de crianças e adolescentes.

De acordo com a promotora de Justiça Ana Flávia Rezende, as autoridades localizaram o suspeito através do rastreamento de um endereço de IP que acessava conteúdos de pedofilia, direcionando as investigações para a região de Sarandi.

O réu foi preso em flagrante ainda em 2023, quando uma grande quantidade de material pornográfico infantil foi encontrada em seu computador, incluindo imagens dele abusando sexualmente de um adolescente.

A promotora destacou que o homem cometeu três crimes: registro de pornografia infantil, armazenamento de conteúdo pornográfico infantil e estupro de vulnerável. A vítima do estupro foi ouvida durante a investigação por meio de um depoimento especial, enquanto o réu já estava preso. O nome do condenado não foi divulgado.

Porto Alegre 24 horas
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade