2 eventos ao vivo

Fique atento aos bloqueios no trânsito de São Paulo para a realização de obras

Na 5ª feira, incêndio fechou o Viaduto Alcântara Machado, que foi parcialmente liberado para carros na 6ª feira; além disso, a Ponte do Jaguaré ficará interditada para nova etapa de obras até 25 de outubro

15 set 2019
07h17
  • separator
  • 0
  • comentários

A Ponte do Jaguaré, na zona oeste da cidade, ficará interditada parcialmente até 25 de outubro, para realização de mais uma etapa das obras de recuperação da estrutura atingida por incêndio no dia 21 de junho.

A restrição no trânsito da região começou no sábado, 14, e pegou muitos motoristas de surpresa. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) esteve no local durante o dia para orientar quem passava pelo local. Faixas informativas também foram colocadas nas proximidades.

"As obras englobam o macaqueamento para adequação dos aparelhos de apoio e a instalação de mantas de reforço (feitas de carbono) para recuperação das vigas", reforçou em nota a Prefeitura.

Após ser atingida por um incêndio, a Ponte do Jaguaré permaneceu totalmente interditada por quatro dias para o tráfego de veículos. No dia 25 de junho, a pista bairro-centro foi liberada para circulação de veículos leves, no dia 26 duas faixas da pista sentido centro-bairro também foram liberadas para veículos leves.

Em 5 de julho, depois da realização de monitoramentos e cálculos estruturais, foi liberada a circulação de ônibus simples (dois eixos) nos dois sentidos da via. A circulação de veículos pesados, caminhões e ônibus acima de dois eixos, permanece proibida na ponte.

"O laudo estrutural emergencial para fazer uma radiografia da estrutura da ponte começou a ser feito em 24 de junho e deve ser concluído em até 180 dias. A empresa EGT Engenharia Ltda é a responsável pela elaboração do documento. As obras de recuperação da ponte, executadas pela G2O Gerenciamento e Obras Ltda, também serão concluídas até dezembro", afirmou a Prefeitura.

A CET vai monitorar a interdição e orientar o tráfego na Ponte do Jaguaré. O trânsito de veículos pesados, caminhões e ônibus acima de dois eixos, permanece proibido na ponte.

Interdição Total

  • Pista sentido bairro (Jaguaré), das 6h desta sábado até as 22h do dia 25 de outubro;

Interdições Parciais

  • Pista sentido bairro (Jaguaré), faixa 3 e calçada à direita, de 16 a 25/09, das 6h às 20h;
  • Pista sentido bairro (Jaguaré), faixa 1 e calçada à esquerda, de 26/09 a 05/10, das 6h às 20h;
  • Pista sentido centro (Lapa), faixa 1 e calçada à esquerda, de 06 a 15/10, das 6h às 20h;
  • Pista sentido centro (Lapa), faixa 3 e calçada à direita, de 16 a 25/10, das 6h às 20h;

Alternativas

Interdição Total

Os veículos que chegam da Avenida Queiroz Filho, em direção à Avenida Jaguaré, poderão trafegar pelo tabuleiro da ponte, sentido centro, que funcionará da seguinte forma:

  • Pico da manhã: duas faixas no sentido bairro/centro e uma faixa no sentido centro/bairro;
  • Pico da tarde: duas faixas no sentido centro/bairro e uma faixa no sentido bairro/centro;
  • A inversão da operação se dará de acordo com as condições do trânsito no acesso à ponte;

Interdições Parciais

  • O fluxo de trânsito será orientado para as faixas restantes;
  • A circulação de pedestres será realizada pela faixa de trânsito canalizada ao lado da calçada bloqueada.

Viaduto Alcântara Machado é liberado parcialmente para carros

Na noite de quinta-feira, 12, um incêndio destruiu barracos localizados embaixo do Viaduto Alcântara Machado, na Mooca, na zona leste de São Paulo. O fogo provocou o fechamento do viaduto, que teve a estrutura vistoriada na manhã da sexta-feira, 13, pela Secretaria de Infraestrutura Urbana e Obras (Siurb).

Após vistoria ainda na sexta-feira, o viaduto começou a ser liberado para carros. Por volta das 11 horas, o trânsito para veículos leves foi liberado no sentido centro. E, pouco tempo depois, no sentido bairro. Foram liberadas três vias em cada sentido do viaduto apenas para carros. Em cima do viaduto são cinco vias no sentido do bairro e quatro em direção ao centro.

A CET esteve no local e fez a orientação aos motoristas, por causa das restrições. Após a ocorrência na noite de quinta, o viaduto foi interditado totalmente. A São Paulo Transporte (SPTrans) também divulgou alterações no trajeto dos ônibus que passam pela região.

Por enquanto, ônibus e caminhões estão proibidos de passar por cima do viaduto. Nova vistoria deve ocorrer daqui uma semana.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade