1 evento ao vivo

Diário de Brumadinho: a cidade um ano depois da tragédia

A repórter Giovana Girardi e o fotógrafo Tiago Queiroz voltam a Brumadinho para mostrar o drama da população e os impactos do rompimento da barragem

15 jan 2020
07h40
atualizado em 19/1/2020 às 12h46
  • separator
  • 0
  • comentários

BRUMADINHO - No dia 25 de janeiro, uma das maiores tragédias da história do País completa um ano. O rompimento da barragem da mina do Córrego do Feijão deixou 259 mortos e 11 desaparecidos em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte. Para mostrar o drama da população atingida pelo desastre e os impactos socioeconômicos na região, o Estado enviou à cidade mineira a repórter Giovana Girardi e o repórter fotográfico Tiago Queiroz.

Confira a seguir as reportagens produzidas diretamente de Brumadinho:

  1. Diário de Brumadinho - Barulho de caminhão substitui helicópteros e passarinhos
  2. Diário de Brumadinho - A maior operação de busca e salvamento
  3. Diário de Brumadinho - De vilarejo bucólico a comunidade esvaziada
  4. Diário de Brumadinho - Casinhas que não têm teto, não têm nada
  5. Diário de Brumadinho - Para nunca esquecer
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade