PUBLICIDADE

Após isolamento, BH reabre lojas, academias e escolas

Restrição do comércio aos domingos está mantida; taxa de ocupação dos leitos de UTI é de 81%

20 abr 2021
00h11 atualizado às 07h29
0comentários
00h11 atualizado às 07h29
Publicidade

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), anunciou nesta segunda-feira, 19, a reabertura do comércio na cidade. A capital mineira foi uma das que adotaram medidas de isolamento social mais rígidas durante a pandemia do coronavírus. A retomada começa na quinta-feira, 22, com o funcionamento de atividades e serviços não essenciais, como lojas e academias. As escolas também vão reabrir a partir de 26 de abril, após mais de 13 meses fechadas.

Prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD)
Prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD)
Foto: Instagram/Alexandre Kalil / Estadão Conteúdo

Segundo a Secretaria de Saúde, a decisão foi tomada junto ao Comitê de Combate à Covid de BH, diante da redução na taxa de ocupação dos leitos de UTI, hoje em 81,1%, ainda no vermelho, e redução na taxa dos leitos de enfermaria, no nível amarelo, com 58,9%. O secretário municipal da saúde, Jackson Machado, ainda destacou que a tendência dos números de internação e óbitos é de queda.

Na educação, foi autorizada a abertura de escolas de educação infantil (de 0 a 5 anos) de todas as redes, municipais, estaduais e privadas, a partir do dia 26 de abril. A previsão de reabertura da segunda fase (estudantes de 6 a 8 anos) e da terceira fase (as crianças e adolescentes de 9 a 14 anos), Ensino Médio e Universidades, vai depender dos impactos da primeira etapa de flexibilização e dos números de contágio na cidade. O município ainda não iniciou a aplicação de doses em professores e destacou que está seguindo o plano nacional de vacinação. Parques públicos vão voltar via agendamento, exceto o Parque Municipal, no centro de BH, onde tem havido vacinação contra raiva de cães e gatos.

A restrição aos domingos foi mantida, autorizando apenas o funcionamento de segmentos do comércio varejista e atacadista de artigos farmacêuticos; artigos de ótica; artigos médicos e ortopédicos; combustíveis para veículos automotores, comércio de medicamentos veterinários; serviços de alimentação (bares, restaurantes e similares), apenas para entrega em domicílio; retirada no formato drive-thru e atividades industriais. Supermercados, padarias, lanchonetes, lojas de conveniência, açougues e similares só poderão abrir de segunda-feira a sábado.

Veja as atividades e os horários de funcionamento:

  • Comércio varejista não contemplado na fase de controle: segunda-feira a sábado, entre 9h e 20h;
  • Comércio atacadista da cadeia de atividades do comércio varejista autorizada a funcionar, exceto comércio atacadista de recicláveis: segunda-feira a sábado, entre 5h e 17h;
  • Cabeleireiros, manicures e pedicures: segunda-feira a sábado, sem restrição de horário;
  • Atividades de estética e outros serviços de cuidados com a beleza: segunda-feira a sábado, sem restrição de horário;
  • Atividades autorizadas em funcionamento no interior de galerias de lojas e centros de comércio: segunda-feira a sábado, entre 9h e 20h;
  • Atividades autorizadas em funcionamento no interior de shopping centers: segunda-feira a sábado, entre 10h e 21h;
  • Atividades no formato drive-in: segunda-feira a sábado, entre 14h e 23h59;
  • Atividades de condicionamento físico, inclusive no interior de galerias de lojas, centros de comércio e shopping centers: segunda-feira a sábado, sem restrição de horário;
  • Serviços de alimentação, para consumo no local: segunda-feira a sábado, entre 11h e 16h (não há restrição de dia e horário para a entrega em domicílio e retirada);
  • Comércio de alimentos em veículo automotor: segunda-feira a sábado, entre 11h e 16h;
  • Atividades presenciais em escola para ensino de esportes, música, arte e cultura; escola de idiomas; cursos diversos e centros de treinamento; centro de formação de condutores e cursos preparatórios: segunda-feira a sábado, sem restrição de horário;
  • Atividades presenciais em creche e escola de ensino infantil: segunda-feira a sábado, sem restrição de horário.
Estadão
Publicidade
Publicidade