PUBLICIDADE

Balas perdidas deixam um morto e uma ferida em Niterói

Tiroteio ocorreu quando policiais militares se depararam com suspeitos que interrompiam o trânsito em uma rua

28 jul 2021 18h40
ver comentários
Publicidade

RIO - Um homem morreu atingido por uma bala perdida em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, na noite de terça-feira (27). Uma mulher também foi atingida, mas sobreviveu e passa bem. O tiroteio ocorreu quando policiais militares se depararam com suspeitos que interrompiam o trânsito em uma rua, provavelmente para praticar assaltos.

Rua Noronha Torrezão, no bairro Santa Rosa, em Niterói
Rua Noronha Torrezão, no bairro Santa Rosa, em Niterói
Foto: Reprodução/Google / Estadão

Por volta das 22h, policiais militares da operação Niterói Presente passavam pela rua Noronha Torrezão, no bairro Santa Rosa, quando flagraram dois veículos sendo manobrados para fechar a rua. Os PMs se aproximaram dos carros e foram recebidos a tiros. Eles revidaram, iniciando uma intensa troca de tiros, que assustou quem passava pelo local.

O policial civil Marcelo dos Santos Dias Cola, de 56 anos, caminhava pela rua, levando seu cão para passear, quando foi atingido por uma bala perdida. Ele chegou a ser levado para o hospital, mas morreu durante o atendimento. Cola trabalhava na Subsecretaria de Inteligência da Polícia Civil.

Juliana Ribeiro de Souza, de 18 anos, também caminhava pela rua e foi atingida de raspão por outro disparo. Ela foi levada ao hospital estadual Azevedo Lima, em Niterói, e recebeu alta na manhã desta quarta-feira (28).

Dois suspeitos, de 23 e 29 anos, foram presos. Ambos têm passagens pela polícia por assalto e tráfico de drogas, segundo a Polícia Civil. Um deles foi ferido no tiroteio, também foi atendido no hospital Azevedo Lima e passa bem. A polícia apreendeu um carro usado pelos suspeitos e uma granada, que segundo a PM estava dentro do veículo.

Estadão
Publicidade
Publicidade