2 eventos ao vivo

Após seis dias de buscas, cabeleireira recupera cãozinho perdido em acidente

Dona do animal permaneceu no local do acidente e mobilizou uma rede de solidariedade até encontrar, na tarde de sábado, 6, o fiel companheiro

10 jul 2019
15h05
  • separator
  • comentários

SOROCABA - No último dia 30, a cabeleireira Elisa Meirelles, de 36 anos, capotou o carro que dirigia no km 314 da rodovia João Baptista Cabral Rennó (SP-225), próximo a Santa Cruz do Rio Pardo, interior de São Paulo. Ela sofreu apenas escoriações, mas seu companheiro de viagem, o cãozinho Thor, desapareceu.

O cãozinho Thor após se achado pelo operador da Cart, Alexandre Silva, é entregue à dona, Elisa Meirelles
O cãozinho Thor após se achado pelo operador da Cart, Alexandre Silva, é entregue à dona, Elisa Meirelles
Foto: Cart/Divulgação / Estadão

Durante os seis dias seguintes, a moradora de Santos, no litoral paulista, permaneceu no local do acidente e mobilizou uma rede de solidariedade até encontrar, na tarde de sábado, 6, são e salvo, o fiel companheiro.

Já em casa dos pais, na orla santista, nesta quarta-feira, 10, Elisa relembra a saga que viveu até o reencontro com o parceiro. "Tenho várias clientes em Campo Grande e, após passar alguns dias lá para atendê-las, retornava para casa quando o pneu dianteiro do meu carro estourou. Quando vi, eu estava pendurada pelo cinto e o carro com os pneus para cima. O Thor estava na cadeirinha dele com a coleira, mas com o impacto ele escapou. Eu ainda o vi sair correndo pela rodovia."

Elisa conta que se desvencilhou do cinto e tentou alcançar o cãozinho, mas não conseguiu. "Eu estava atordoada, um pouco desnorteada. Chegou o socorro, mas eu nem quis ir para o hospital, pois não estava muito ferida e queria achá-lo logo. Fui atendida ali mesmo e já comecei a procurar por ele." A cabeleireira, que nunca tinha ido a Santa Cruz do Rio Pardo, descobriu que seu pai tinha alguns amigos lá. "Tive a felicidade de eles me acolherem e comecei a pedir ajuda pelas redes sociais para encontrar o Thor."

Nos dias seguintes, o que se viu foi uma grande operação de buscas que mobilizou, não só a equipe de operações da concessionária, mas também policiais rodoviários e moradores da cidade. Mesmo assim, nenhum sinal do Thor. "Os dias foram passando, o frio chegando e comecei a ficar desesperada. Pela internet, descobri um resgatista de cães perdidos em Barueri e pedi que viesse. Ficamos em buscas até sábado à tarde, quando voltei para a casa onde estava hospedada, já meio sem esperança."

Foi quando a concessionária entrou em contato com ela dando a boa notícia. "O Thor foi achado perto do local do acidente. Estava um pouco magro, com a barriga irritada, as patinhas machucadas e os ouvidos inflamados. Quando me viu, parecia um bebê de feliz." O cãozinho passou pelo veterinário e viajou com a dona para Santos. "Nos dois dias seguintes, ele ficou bem manhoso, mas agora está se sentindo em casa de novo." Antes de viajar, Elisa reuniu as pessoas que a ajudaram a recuperar o Thor para um agradecimento.

Entre eles o operador da Concessionária Auto Raposo Tavares (Cart), Alexandre Silva, que o encontrou próximo do local do acidente, mas do outro lado da estrada. "Ele estava bastante assustado e logo que me viu, correu para dentro da viatura. O reencontro com sua dona foi emocionante, comoveu a todos", disse Silva.

Elisa contou que Thor e sua mãe viviam na rua, em Guarujá, e foram resgatados por uma ONG de defesa dos animais de Santos, que os colocou para adoção. "A mãe foi adotada e o Thor ficou. Como gosto de cachorro desde criança, uma amiga me avisou e eu consegui a guarda dele." A cabeleireira conta que, na época, tinha outro cachorro, mas ele pegou uma doença grave e morreu em março. "Fizemos de tudo para salvá-lo. Fiquei muito triste com a morte dele, mas o Thor me ajudou a suportar a perda. A gente são se desgruda mais."

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade