Butantan confirma liberação de insumo para vacina

Após informar paralisação, instituto receberá 2 lotes de IFA

8 abr 2021
13h50 atualizado às 15h08
0comentários
13h50 atualizado às 15h08
Publicidade

Após paralisar o envase da CoronaVac por atraso na entrega de insumos, o Instituto Butantan e o governo de São Paulo anunciaram nesta quinta-feira (8) que o estado receberá uma nova remessa do produto até o dia 20 de abril e um segundo lote ainda neste mês.

Governo de SP garantiu que cumprirá acordo firmado com Ministério da Saúde
Governo de SP garantiu que cumprirá acordo firmado com Ministério da Saúde
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

Segundo João Doria, a primeira será de três mil litros de insumos, o que vai permitir a produção de cinco milhões de doses de vacinas contra o coronavírus Sars-CoV-2. Assim, o instituto paulista completará a entrega das 46 milhões de doses até o fim de abril para o Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde.

O segundo carregamento do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) também será de três mil litros e toda a matéria-prima vem da Sinovac Biotech.

Os dados do Instituto Butantan mostram que 80% das doses dos imunizantes aplicados no país são CoronaVac e que já foram entregues 38,2 milhões de doses ao PNI desde janeiro. Ainda conforme o órgão, há 3,2 milhões de vacinas prontas em processo de inspeção de controle de qualidade e que serão entregues até 19 de abril.

Nesta quarta-feira (7), o diretor do Instituto, Dimas Covas, confirmou que o envase das doses estava paralisado há 10 dias por conta de atrasos no envio do IFA. No entanto, garantiu que o acordo com o PNI não seria afetado. .
   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade