1 evento ao vivo

Brasil tem mais 1,8 mil mortes e 75 mil casos na pandemia

5 mar 2021
18h56
atualizado às 19h08
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Brasil registrou mais 1,8 mil mortes 75.495 casos decorrentes da pandemia do novo coronavírus Sars-CoV-2 no último período de 24 horas, elevando os totais para 262.770 e 10.869.227, respectivamente.
    A informação foi revelada nesta sexta-feira (5) pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Este é o 44º dia que o país contabiliza mais de mil vítimas desde o início de 2021 e o quarto seguido em que a marca fica acima de 1,5 mil mortes.
    Segundo o boletim, as médias móveis de óbitos e casos em sete dias continuam subindo, com 1.419 e 59.085, respectivamente. A taxa de letalidade da doença permanece em 2,4%, mas a de mortalidade aumentou para 125 a cada 100 mil habitantes.
    Entre os estados mais afetados no país está São Paulo, com 2.093.924 casos e 61.064 óbitos. Os números elevados fizeram o governo de João Doria a colocar todo o território paulista na fase vermelha, a mais restritiva, a partir da meia-noite deste sábado (6), em uma operação classificada como "de guerra".
    Enfrentando o pior momento da pandemia desde março de 2020, o Brasil é o segundo país mais afetado em todo o mundo.
    De acordo com o levantamento da Universidade Johns Hopkins, em números absolutos, o país sul-americano está atrás apenas dos Estados Unidos (522.221) no ranking de países com mais óbitos decorrentes da Covid-19. Em relação aos dados de infectados, o país sul-americano fica na terceira posição, atrás de EUA (28.873.800) e Índia (11.173.761). .
   

Veja também:

Transporte Coletivo: 69 cartões estão bloqueados em Cascavel
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade