0

Brasil busca importar princípio ativo da hidroxicloroquina após ampliar uso contra Covid-19

20 mai 2020
18h38
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Brasil está em contato com outros países para importar o princípio ativo da hidroxicloroquina, que está em falta no país, afirmou nesta quarta-feira a secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, após o governo divulgar novo protocolo que amplia a recomendação de uso contra a Covid-19, apesar da falta de comprovação científica.

 REUTERS/Yves Herman
REUTERS/Yves Herman
Foto: Reuters

Segundo apresentação feita pelo ministério em entrevista coletiva, já foram entregues 2,39 milhões de unidades de cloroquina aos Estados para tratamento de casos de Covid-19, e ainda há em estoques do governo mais 1,4 milhão de comprimidos.

A secretária ressaltou que o ministério "teve o cuidado" de deixar estoque para reservar uso da cloroquina para quem é tratado de malária -- o uso principal do medicamento.

No início de abril, o presidente afirmou que pediu apoio do primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, para a continuidade do fornecimento de insumos farmacêuticos para a produção da hidroxicloroquina.

O Ministério da Saúde apresentou nesta manhã, atendendo ao presidente Jair Bolsonaro, um novo protocolo de uso dos medicamentos cloroquina e hidroxicloroquina desde os sintomas iniciais da Covid-19. Até agora, o uso da cloroquina no Brasil tinha um protocolo do ministério apenas para casos graves.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reiterou nesta quarta-feira que não recomenda a utilização da cloroquina para o tratamento da Covid-19, diante da falta de comprovação científica de eficácia.

Veja também:

Procuradoria abre investigação sobre vazamento de informações da 'Furna da Onça' a Flávio Bolsonaro
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade