1 evento ao vivo

Bolsonaro diz que não abandonará Mercosul e defende tipificar invasão de propriedade como terrorismo

11 out 2018
16h57
  • separator
  • comentários

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, disse nesta quinta-feira que não abandonará o Mercosul caso vença o segundo turno da eleição presidencial no fim do mês, mas afirmou que o bloco não terá viés ideológico nem será usado como instrumento de poder, como a esquerda fez no passado, segundo o candidato.

Bolsonaro,  ao chegar para votar no Rio de Janeiro 7/10/2018 REUTERS/Ricardo Moraes
Bolsonaro, ao chegar para votar no Rio de Janeiro 7/10/2018 REUTERS/Ricardo Moraes
Foto: Ricardo Moraes / Reuters

Em entrevista coletiva no Rio de Janeiro, Bolsonaro, que lidera as pesquisas de intenção de voto para o segundo turno contra o petista Fernando Haddad, também defendeu que a invasão de propriedades privadas seja tipificada como terrorismo, ao apontar que a legislação atual sobre o tema é muito branda.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade