1 evento ao vivo

Avião da Força Aérea do Chile desaparece com 38 pessoas a bordo

10 dez 2019
09h30
atualizado às 13h20
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Aeronave que rumava para a maior base chilena na Antártida e transportava 17 tripulantes e 21 passageiros perdeu contato com radares pouco mais de uma hora após a decolagem. Autoridades buscam possíveis sobreviventes.Um avião militar da Força Aérea do Chile (FACH) que havia decolado nesta segunda-feira (09/12) da cidade de Punta Arenas, no sul do país, desapareceu com 38 pessoas a bordo. A aeronave sumiu dos radares quando sobrevoava o estreito de Drake - passagem que fica entre os oceanos Atlântico e Pacífico, no extremo sul da América do Sul - rumo à Antártida. A FACH informou que realiza operações de buscas na região.

O avião, do modelo Hércules C-130, deixou a base Chabunco às 16h55 (horário local) com destino à Base Presidente Eduardo Frei Montalva, a maior base do Chile na Antártida, e perdeu comunicação com os radares às 18h13, segundo comunicado da Força Aérea. Sete horas depois, a aeronave, que tinha combustível para se manter no ar até as 00h40 desta terça-feira, foi declarada "desaparecida".

"É possível que tenha ocorrido uma aterrissagem", declarou Eduardo Mosqueira, comandante da IV Brigada Aérea em Punta Arenas. A FACH disse ter entrado em contato com os familiares de quem estava a bordo para "mantê-los informados sobre essa lamentável situação".

A bordo do Hércules estavam um total de 17 tripulantes e 21 passageiros, dos quais 15 eram da FACH, três do Exército, dois da construtora Inproser e um da Universidade de Magallanes.

Todos viajavam para cumprir "tarefas de apoio logístico" na base Eduardo Frei, a maior do Chile na Antártida. Eles trabalhariam na revisão do oleoduto flutuante utilizado para o abastecimento de combustível à base e no tratamento anticorrosivo nas instalações.

O estreito de Drake, onde o avião perdeu contato com os radares, é considerado por marinheiros e navegadores a passagem marítima mais tempestuosa do mundo.

"As condições meteorológicas eram boas para voar. Por isso, o voo foi planejado", declarou Francisco Torres, diretor de operações da FACH.

A Força Aérea declarou "estado de alerta devido à perda de comunicação" e ativou uma operação de resgate com diversas aeronaves - uma delas, uruguaia - e embarcações da Marinha chilena, "a fim de localizar possíveis sobreviventes".

As buscas ocorrem em um raio de quase 100 quilômetros ao redor do local onde o avião fez o último contato. Apesar de a aeronave ter o sistema ELT, que indica a localização por satélite, não foi possível observar a sua posição durante a madrugada.

O presidente chileno, Sebastián Piñera, se disse "consternado" com o episódio e anunciou, no Twitter, que viajará a Punta Arenas com os ministros do Interior, Gonzalo Blumel, e da Defesa, Alberto Espina.

"Meus pensamentos e orações estão com os familiares dos 38 tripulantes e passageiros do avião C-130 da FACH~, escreveu o presidente. "Acabo de falar com o presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, para informá-lo de que não poderei comparecer à troca de mandato hoje. Confirmou que logo fará uma visita oficial ao Chile", acrescentou.

Segundo o presidente Jair Bolsonaro, o Brasil ofereceu o Chile apoio às operações de busca e resgate do avião. "O Navio Polar Almirante Maximiano, da Marinha do Brasil, já foi enviado para a região com dois helicópteros para auxiliar nas buscas", disse.

O último incidente com características semelhantes ocorreu em setembro de 2011, quando um avião também militar, com 21 pessoas a bordo, caiu perto da ilha Robinson Crusoé, no Oceano Pacífico, a 700 quilômetros do continente.

GB/afp/rtr/efe/dpa

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | App | Instagram | Newsletter

Veja também:

Explosão no Líbano: BBC visita epicentro do desastre no porto de Beirute
Deutsche Welle A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade