2 eventos ao vivo

Alemanha registra primeiras mortes por coronavírus

9 mar 2020
16h20
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Mulher de 89 anos e homem de 78 anos morreram em hospitais de Heinsberg e Essen, na região mais afetada pelo covid-19 no país. Número de infecções na Alemanha passa de mil.A Alemanha registrou nesta segunda-feira (09/03) duas mortes causadas pelo novo coronavírus. São os primeiros casos fatais registrados no país europeu.

Alemanha tem 1.167 casos confirmados do novo coronavírus
Alemanha tem 1.167 casos confirmados do novo coronavírus
Foto: DW / Deutsche Welle

De acordo com o Ministério da Saúde alemão, as mortes ocorreram em Heinsberg e em Essen. As duas cidades ficam no estado da Renânia do Norte-Vestfália, o mais populoso do país, no oeste. O estado está no centro dos registros de infecções, concentrando 515 dos 1.167 casos confirmados na Alemanha.

A vítima de Essen é uma mulher de 89 anos, que testou positivo para o vírus em 3 de março. "Eu lamento essa morte profundamente", disse o prefeito da cidade, Thomas Kufen. Segundo as autoridades locais, a paciente já estava bastante debilitada quando foi internada. O município tem cinco casos de coronavírus confirmados até o momento.

As autoridades de Heinsberg, por sua vez, afirmaram que a morte registrada na cidade envolveu um homem de 78 anos, que paralelamente sofria de doenças crônicas, como problemas cardíacos e diabetes. Ele havia sido internado na última sexta-feira.

Alguns dos primeiros casos de coronavírus na Alemanha foram registrados na cidade, ainda em fevereiro, quando o município celebrava o Carnaval local.

No domingo, já havia sido registrada a primeira morte de um cidadão alemão pelo coronavírus, mas fora do país. O caso envolveu um homem de 60 anos, que estava internado num hospital no Egito. Ele havia chegado ao país uma semana antes. Ainda não está claro onde ele contraiu a doença.

Também nesta segunda-feira, as autoridades do estado de Brandemburgo anunciaram que determinaram que entre 4.000 e 5.000 pessoas permaneçam em quarentena após professores de uma escola em Neustadt-Dosse, localizada a cerca de 90 quilômetros de Berlim, terem entrado em contato com um mulher que testou positivo para o covid-19. A medida atinge os 730 alunos da escola, funcionários e seus parentes.

Até o momento, a Alemanha vem registrando um impacto menor dos efeitos do coronavírus do que outros países da União Europeia, como a Itália, onde 463 pessoas já morreram e mais de 9.000 foram infectados.

Ainda assim, a chanceler federal da Alemanha, Angela Merkel, pediu uma luta enérgica contra a propagação do vírus e advertiu que o país ainda pode experimentar uma onda de infecções nos próximos meses. "A maneira mais eficaz de combater o vírus é retardar sua disseminação", disse Merkel.

Já o ministro da Saúde, Jens Spahn, afirmou que está considerando pedir o cancelamento de eventos com mais de 1.000 participantes para diminuir a propagação do vírus.

Em todo o mundo, mais de 110 mil pessoas já foram infectadas pelo vírus em 94 países e territórios. Mais de 3.800 pacientes morreram. O Brasil tem 25 casos confirmados.

JPS/afp/dpa/ots

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube

| App | Instagram | Newsletter

Veja também:

Em mensagem, embaixador Arman Akopian lembra 29 anos da independência da Armênia
Deutsche Welle A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade