PUBLICIDADE

Alemanha registra mais de 100 casos de coronavírus num único dia

5 mar 2020 13h53
ver comentários
Publicidade

Número de casos confirmados sobe para 349 no país, onde ainda não foram registradas mortes por covid-19. Indústria alemã teme maior recessão desde 1990 em decorrência da propagação da doença pelo mundo.O número de casos confirmados de infecção pelo coronavírus Sars-Covid-2 na Alemanha subiu para 349 na manhã desta quinta-feira (05/03), contra 240 na manhã do dia anterior, segundo divulgou o Instituto Robert Koch (RKI, na sigla em alemão), ou seja, o país registrou mais de 100 novos casos num único dia.

Autoridades afirmam que a maioria dos casos na Alemanha tem relação com contatos no interior do país
Autoridades afirmam que a maioria dos casos na Alemanha tem relação com contatos no interior do país
Foto: DW / Deutsche Welle

"O número de casos [no país] vai continuar crescendo", disse Lothar Wielero, presidente do RKI, agência de controle e prevenção de doenças do governo alemão.

Na capital, Berlim, há 13 casos confirmados, segundo informou a Secretaria de Saúde da cidade nesta quinta. Há disseminação do patógeno em todos os estados alemães, com exceção da Saxônia-Anhalt, no leste do país.

O estado mais afetado pela doença respiratória covid-19, causada pelo coronavírus, é a Renânia do Norte-Vestfália, o mais populoso do país, com 175 casos. Em seguida, segundo o RKI, vem Baden-Württemberg, com 65, e a Baviera, com 52 infecções.

Segundo o RKI, em 307 dos casos confirmados na Alemanha foi possível identificar a origem do contágio. "A maioria tem relação com contatos no interior do país", diz o instituto.

Um número reduzido de infecções aconteceu por contato após estadia no exterior - a maioria após visitas à Itália (64) e ao Irã (14). Os pacientes que apresentaram resultado positivo para o coronavírus na Alemanha têm entre 2 e 91 anos.

A Alemanha não registrou nenhuma morte pelo coronavírus. Em comparação, de acordo com o Instituto Robert Koch, quase 200 pessoas morreram de gripe na Alemanha neste inverno. O número de amostras de casos de influenza encaminhados para análise no instituto desde outubro passado foi de quase 120 mil. Cerca de 17% desses casos resultaram em internação. A grande maioria dos falecimentos (87%) foi de pessoas com mais de 60 anos.

Os números, porém, podem ser maiores porque apenas determinadas clínicas podem enviar amostras para o RKI. Com o surto de coronavírus, as amostras passaram a avaliar também se há presença do patógeno causador da covid-19.

Cada vez mais países no mundo registram casos da covid-19. A África do Sul registrou seu primeiro caso nesta quinta. Trata-se de um homem de 38 anos que viajou para a Itália com a esposa e retornou ao país no último fim de semana. A Bósnia também registrou o primeiro caso nesta quinta. Na Suíça, foi relatada a primeira morte com relação com o coronavírus.

No Irã, o número de mortes relacionadas com o patógeno subiu para 107 (15 nas últimas 24 horas). O número de pessoas infectadas aumentou em 591 no país, para 3.513. Assim como a Itália, o Irã decidiu fechar todas as escolas e universidades do país até 20 de março. A Itália também decidiu cancelar missas no norte do país, região mais afetada pela doença.

Em Belém, na Cisjordânia, a Basílica da Natividade deverá ser fechada por temores relativos ao coronavírus, sem prazo para a reabertura. A Autoridade Nacional Palestina proibiu também que hotéis na Cisjordânia acolham turistas estrangeiros a partir desta sexta-feira. Em Belém, há quatro casos suspeitos entre funcionários de hotel, e não se sabe se eles contraíram o vírus após o contato com turistas.

As consequências econômicas do coronavírus também afetam cada vez mais países. Na Alemanha, as consequências do Sars-Covid-19 afetam especialmente a indústria dependente da exportação, que teme a maior recessão desde a Reunificação, em 1990.

A Confederação Nacional das Indústrias (BDI, na sigla em alemão) afirmou em comunicado que, "com a queda da produção na China e as medidas de quarentena dos diferentes países, fica claro quão vulnerável é a economia alemã, orientada para exportações".

A companhia aérea alemã Lufthansa anunciou nesta quinta-feira que cancelou 7.100 voos em março devido a menor demanda em decorrência da disseminação do coronavírus.

RK/rtr/dpa/ots

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube

| App | Instagram | Newsletter

Deutsche Welle A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas.
Publicidade
Publicidade