0

Alemanha prende suspeito de planejar ataque com arma biológica

14 jun 2018
12h04
  • separator
  • comentários

Polícia de Colônia detém tunisiano que conseguiu fabricar veneno ricina, supostamente com a intenção de promover um atentado. Autoridades investigam se há ligação com organizações terroristas.Um tunisiano foi preso em Colônia, no oeste da Alemanha, sob suspeita de tentar construir uma arma biológica com o veneno mortal ricina, informaram nesta quinta-feira (14/06) os promotores da cidade alemã.

Policiais com equipamento de seguranca apreendem ricina fabricada num apartamento em Colônia
Policiais com equipamento de seguranca apreendem ricina fabricada num apartamento em Colônia
Foto: DW / Deutsche Welle

O homem, identificado como Sief Allah H., foi preso na terça-feira, após policiais invadirem seu apartamento em Colônia, onde encontraram substâncias tóxicas que mais tarde descobririam se tratar de ricina.

"Há fortes suspeitas de que ele fabricava intencionalmente armas biológicas", disseram promotores em nota. O suspeito foi indiciado por violação das leis alemãs sobre posse de armas de guerra e por preparar "um ato grave de violência que colocaria em risco o Estado".

Entretanto, os promotores disseram que ainda não está claro se ele planejava realizar um atentado em nome de algum movimento islamista, como o "Estado Islâmico" (EI). "Não há indicações de que o suspeito pertença a uma organização terrorista, tampouco há planos concretos de um ataque num horário e local determinado", afirmaram.

Uma reportagem da revista alemã Der Spiegel noticiou que a suspeita é de que Sief Allah H. tenha seguido instruções divulgadas pelo EI sobre como construir uma bomba de ricina.

Segundo a imprensa alemã, a operação policial foi realizada após os serviços de inteligência alemães receberem informações de autoridades estrangeiras que suspeitavam de compras online feitas pelo tunisiano.

De acordo com o jornal alemão Bild, o alerta teria sido dado pela inteligência americana. Segundo a publicação, o tunisiano vive no bairro de Chorweiler em Colônia com a esposa e quatro filhos.

Sief Allah H. teria iniciado a compra de material e ingredientes para fabricar ricina em meados de maio, adquirindo na internet mil sementes de mamona e um moedor de grãos. O suspeito conseguiu produzir a toxina no início deste mês. A substância foi apreendida pelas autoridades.

A ricina, produzida a partir das sementes de mamona, é uma das toxinas mais letais, contra a qual não há antídoto. O produto é 6 mil vezes mais potente do que o cianeto, também chamado de cianureto.

RC/apf/ap

_______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App | Instagram

Deutsche Welle A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade