PUBLICIDADE

A importância estratégica da Ilha das Serpentes no Mar Negro

16 mai 2022 15h02
ver comentários
Publicidade

Conhecido como local de sepultamento do herói mítico Aquiles, rochedo no Mar Negro permitiria controlar todo o tráfego do importante porto de Odessa. De lá partiu a frase icônica "Navio de guerra russo, vai te f...!"Bile é o único assentamento de Zmiinyi Ostrov, ou Ilha das Serpentes, um rochedo árido de apenas 600 por 800 metros no Mar Negro. Não se sabe de onde veio seu nome: serpentes, aqui não há, e seres humanos só vivem aqui oficialmente desde 2007. Talvez fossem 30, ou 50, não se sabe bem, o último recenseamento já foi sete anos atrás.

Antes, muito tempo atrás o único habitante teria sido um semideus: segundo a saga grega, Aquiles estaria sepultado ali. Porém os residentes modernos de Bile nunca chegaram a ver o santuário do herói, já que, quase 200 anos atrás, foi construído um farol no local. Fora isso, a edificação mais importante da ilhota era provavelmente a torre de telefonia celular, sem a qual, em tempos normais, quem morava aqui possivelmente mal se daria conta que lá fora há um outro mundo.

Porém os tempos atuais estão longe de ser normais. Em 24 de fevereiro de 2022 tudo mudou para os residentes, de um só golpe: tropas russas começaram a avançar sobre a Ucrânia, atacando o país a partir do norte e do leste. Também a Ilha das Serpentes foi ocupada, mesmo estando a 200 quilômetros da Crimeia, até mais de 500 quilômetros do Donbass.

Bile foi praticamente arrasado, os 13 policiais de fronteira ucranianos lá estacionados foram temporariamente feitos prisioneiros de guerra da Rússia. Fez manchetes por todo o mundo a mensagem de rádio com que um dos soldados recebeu os invasores: deste então, "Navio de guerra russo, vai te f.. !" tornou-se sinônimo da força de resistência ucraniana. Em abril, o país até mesmo lançou um selo em homenagem a esse episódio. Apesar de tudo, a ilha caiu sob controle russo.

Local estratégico disputado entre Kiev e Moscou

No entanto agora voltaram a irromper confrontos violentos: no fim de semana (14-15/05), as Forças Armadas da Ucrânia anunciaram ter afundado nas proximidades da Ilha das Serpentes uma embarcação de desembarque da frota russa no Mar Negro.

Na quinta-feira, tropas do país invadido teriam atingido e danificado seriamente, um navio de apoio logístico russo que estava a caminho da ilhota, o Vsevolod Bobrov, levando a bordo canhões antiaéreos, entre outros equipamentos.

Por mais insignificante que possa parecer, desde o primeiro momento o árido rochedo constituiu um ponto de importância estratégica para ambos os lados do conflito. Além de o Mar Negro só dispor de poucas ilhas, localizada a cerca de 200 quilômetros ao sul de Odessa, Zmiinyi Ostrov possibilita controlar todo o tráfego marítimo em torno da maior cidade portuária da Ucrânia.

Se conseguisse ocupá-la permanentemente, a Rússia estaria apta a bloquear praticamente toda exportação de mercadoria partindo do porto local. Isso também se aplicaria, no longo prazo, a milhões de toneladas de cereais que já estão tendo que ser laboriosamente transportadas por via terrestre.

Há muito os países litorâneos do Mar Negro estão cientes do significado estratégico da Ilha das Serpentes, Ampliada em base militar na época soviética., consta que ela possuiria um heliporto, dois ancoradouros (o maior deles com capacidade para navios de guerra de até oito metros de calado), um depósito de munição e combustível, radares e instalações para mísseis - todos em parte ainda do tempo da União Soviética.

Entretanto não é possível verificar independentemente esses dados, já que durante décadas a ilhota era zona restrita militar e, mesmo antes da invasão russa, vedada ao público.

Calcanhar de Aquiles perigoso

Situada defronte do delta do rio Danúbio, a Ilha das Serpentes pertencia à Romênia até 1948, quando foi "presenteada" à União Soviética, numa ação controversa. Depois de ser disputada entre os dois países durante anos, ela passou a ser objeto de desavenças entre a Bucareste e Kiev.

Como costuma acontecer nesses casos, trata-se também da posse de supostas riquezas naturais na área. Em 2007, a fim de consolidar suas pretensões territoriais, a Ucrânia criou um assentamento no local, até então oficialmente desabitado.

Tendo sido um dos primeiros alvos da invasão russa, já em 24 de fevereiro, segundo o serviço secreto britânico atualmente, Moscou tenta reforçar suas tropas no local com mísseis de cruzeiro e equipamento de defesa aérea estratégica. Possivelmente é planejada também a construção de uma pista de pouso para aviões de combate.

Nos últimos dias, através de ofensivas de drones com mísseis, o Exércio ucraniano tentou impedir um reforço da ilha. Imagens de satélite da empresa Maxar sugerem que, além do seriamente danificado Vsevolod Bobrov, pelo menos um helicóptero militar foi derrubado e uma unidade de defesa aérea, destruída.

Não há qualquer garantia de que os ucranianos vão conseguir reconquistar o alvo estratégico, porém tampouco se conta com uma diminuição dos combates. A meta de Kiev é impedir, a todo custo, que o local onde está enterrado o herói grego acabe se tonando uma espécie de calcanhar de Aquiles para a defesa nacional.

Deutsche Welle A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas.
Publicidade
Publicidade