PUBLICIDADE

Justiça da Itália mantém presos acusados de estuprar brasileira

Terceiro acusado ainda é procurado pela polícia de Milão

6 jul 2022 - 13h04
(atualizado às 14h55)
Ver comentários
Publicidade
Brasileira é estuprada na Itália; dois suspeitos foram presos
Brasileira é estuprada na Itália; dois suspeitos foram presos
Foto: Shutterstock / Alto Astral

Um juiz de Milão decidiu nesta quarta-feira (6) manter presos os dois acusados de terem estuprado uma brasileira de 42 anos no último fim de semana. O pedido da manutenção da detenção foi feito pela Procuradoria.

Segundo o magistrado Massimo Baraldo, o estupro foi "maturado em um contexto de degradação urbana" por parte de "pessoas dedicadas ao ócio e ao consumo de álcool" em locais públicos.

Os acusados têm 42 e 22 anos e são estrangeiros. Um terceiro suspeito do crime ainda está sendo procurados pelos policiais.

A reconstituição da perícia feita com base nos depoimentos aponta que a mulher foi arrastada até um dos espaços verdes dos jardins da Praça de Nápoles, na zona sul da cidade de Milão, e sofreu abusos sexuais e de agressão por um grupo de pessoas.

Graças a um pedestre que passava pelo local e avisou os policiais que estavam na área sobre a movimentação estranha, dois homens foram presos em flagrante. Já a brasileira foi levada por socorristas ao Policlínico e os médicos ativaram o protocolo de abuso sexual. 
   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade