- Anuncie
- Assine

   
 
Cinema // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Cinco motivos para ficar ligado na Mostra de Cinema
Além dos mais de 400 filmes, as exposições de fotos de Wim Wenders e de storyboards de Akira Kurosawa são destaques da 34ª edição do evento em São Paulo

Por Suzana Uchôa Itiberê

 

DE 22 DE OUTUBRO A 4 de novembro, mais de 20 espaços, entre cinemas, museus e centros culturais da capital paulista, serão tomados pelas atrações da Mostra Internacional de Cinema. Os organizadores Leon Cakoff e a esposa, Renata de Almeida, garimparam não só produções premiadas como obras de diretores ainda obscuros – Quentin Tarantino não era ninguém quando trouxe Cães de Aluguel à Mostra de 1992. A 34ª edição do evento abre com a exibição de O Estranho Caso de Angélica no Auditório do Ibirapuera, dia 21. O filme de Manoel de Oliveira fala de um fotógrafo que vai retratar uma jovem que acaba de morrer e fica obcecado pela moça. O mestre português, que tem 101 anos e estará na abertura, escreveu o roteiro em 1952, mas foi impedido de realizá-lo por intervenção do salazarismo. É uma vitória do cineasta e de Cakoff, coprodutor do longa.

1 Entre os eventos especiais, há o lançamento do livro À Espera do Tempo – Filmando com Kurosawa, de Teruyo Nogami, que foi produtora e assistente do diretor. A autora estará presente também na inauguração da exposição de storyboards de filmes do cineasta japonês, no Instituto Tomie Ohtake. Wim Wenders, que assina o cartaz deste ano, participa com Lugares, Estranhos e Quietos, reunião de fotografias inéditas do cineasta alemão, no Masp. Haverá ainda a exibição de cópia restaurada de Metrópolis, de Fritz Lang.

2 A lista de convidados tem nomes estrelados, como o crítico francês Michel Ciment, que integra o júri da Competição Novos Diretores e é tema do documentário de Simone Lainé, A Arte de Partilhar Filmes. A sempre sorridente Maria de Medeiros vem como estrela de Hitler in Hollywood e a alemã Hanna Schygulla, que será homenageada em retrospectiva, aproveita para mostrar filmes seus como diretora.

3 Alguns dos filmes aguardados: o nacional Bróder, de Jeferson De; Machete, de Robert Rodriguez; Lope, de Andrucha Waddington; e Você Vai Conhecer o Homem dos Seus Sonhos, de Woody Allen.

4 Não faltam obras premiadas. Tio Boonmee, que Pode Recordar Suas Vidas Passadas, do tailandês Apichatpong Weerasethakul, venceu a Palma de Ouro em Cannes. A melhor atriz do festival francês, Juliette Binoche, é a protagonista de Cópia Fiel, do iraniano Abbas Kiarostami. Um Lugar Qualquer, de Sofia Coppola, levou o Leão de Ouro em Veneza.

5 Cineastas que realizaram no máximo dois filmes concorrem ao troféu Bandeira Paulista, na seção Novos Diretores. Um dos mais cotados é o mexicano Diego Luna, que estreia com Abel, após se firmar como ator em obras como E Sua Mãe Também e Milk. A história do garotinho que perde o pai e apela à fantasia para enfrentar a realidade bateu recorde de bilheteria no México.

 

Informações sobre lugares, horários, ingressos e sinopses: www.mostra.org

 

   


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS