- Anuncie
- Assine

   
 
Diversão & Arte // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Gastronomia
Chocolate em boa companhia

Por Bela Megale


Fotos: Marcelo Liso / AG.ISTOÉ
A harmonização com vinho depende do grau de cacau do chocolate; abaixo, uma das sete combinações com chá

Vinhos, chás, cafés, champanhe, destilados, tudo é um bom acompanhamento para chocolates nas harmonizações oferecidas pela loja Valrhona no Brasil

 

 

ABERTA HÁ QUATRO MESES em São Paulo, a loja francesa Valrhona passou a oferecer inusitadas harmonizações do produto. Há opções com café, chás, champanhe Chandon e Veuve Clicquot, uísque Johnnie Walker Gold, vinhos tintos e brancos. Licenciado da marca no Brasil e dono do estabelecimento, Fabio Bonchristiano é o responsável pela novidade. “O objetivo foi trazer alternativas de consumo para o chocolate. Para elaborar as combinações, chamei especialistas em cada produto”, conta.

Apesar do preconceito que muitos têm em relação à combinação de chocolate e vinho, o diretor de marketing da importadora de Mistral, Rodrigo Mainardi, garante que, quando feita corretamente, a associação pode render boas surpresas. “Chocolates com alto grau de cacau, como é o caso de alguns oferecidos pela Valrhona, não precisam ser necessariamente harmonizados com vinho doce. Um syrah italiano pode ser uma combinação interessante”, diz. “Quem prefere chocolates com menos teor de cacau, deve procurar vinhos menos encorpados, com menos tanino, mas com boa acidez e alto grau de açúcar residual”, indica. Na harmonização sugerida, o Porto Graham’s Six Grapes (R$ 15, a taça) deve ser acompanhado pelo carrés (pequeno tablete) de Manjari 64% de cacau ou pelo Alpaco 66%.

Quem se interessar pelas harmonizações com chá terá sete opções elaboradas pela tea blender e harmonizadora Carla Saueressig. “Os chá oferecidos ressaltam o sabor frutado dos chocolates, adquirindo também um gosto especial”, explica. Uma das combinações é Jarro de Rum (chá de frutas com flores de hibiscos, passas de uva, frutos de sabugueiro, morangos, framboesa, gosto de rum e aromas naturais) combinado ao carrés de Tainori 64% de cacau.

A loja também oferece os chamados harmonizadores universais, como o O’Connor’s Cream, chá preto da Índia, Sri Lanka e China, que pode sem combinado com o chocolate de preferência do cliente. Todas as harmonizações da bebida custam R$ 8.

Quem preferir não arriscar pode optar pelo tradicional cafezinho com chocolate (R$ 6), o blend oferecido por Octavio Café pode ser harmonizado com quatro tipos de carrés.

 

 

Valrhona - al. Lorena, 1.818, São Paulo, tel.: (11) 3068-8899

 

 

   


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS