- Anuncie
- Assine

   
 
Capa // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Grazi
Sedução à flor da pele. Sensualidade exalada pelos poros. Encontre Grazi Massafera neste ensaio caliente nas areias do rio e descubra como ela decolou da condição de gata borralheira da tevê para o posto de musa mais sexy de 2010. Só não esqueça do seu filtro solar ao virar a página

 

Foto e Beleza: Alê de Souza edição de moda: Rodrigo Grunfeld direção criativa: AdriAno Damas (damas design) maiô rosa chá


NA ESTREITA FAIXA DE PRAIA que serve de refúgio particular aos hóspedes de um hotel de luxo na zona sul do Rio, a intensa movimentação de produtores, maquiadores e assistentes anunciava que aquela manhã-quase-madrugada de agosto, com o sol já apresentando seu cartão de visita, não seria como as outras do ano. Que ali, aos olhos de pouquíssimos curiosos e algumas andorinhas bisbilhoteiras, algo especial marcaria o espaço e o tempo. Make up em cima, montada em ousados looks de verão, Grazi Massafera era a presença iluminada que fizera seu desembarque fascinante diante das lentes do fotógrafo e beauty stylist Alê de Souza. Escalada por Gente para ser a estrela maior da edição mais quente do ano, coroando o 11º aniversário da revista.

Mais sexy sim, top desta edição das 50 personalidades brasileiras que melhor exercitaram o seu poder de magnetizar as pessoas no último ano. Seu 1,79m de um mix de linhas curvas e ângulos cheios de vertigem levou a atriz ao posto de dona da mais alta temperatura no quesito sensualidade. Geometria que evoca a sedução, explicada por estudiosos da morfologia humana e comprovada nas fotos a seguir pela boca carnuda – que enviaria uma clara mensagem de desejo – e pelo rosto de traços triangulares, típico das mulheres que buscariam sensações inovadoras.

Contudo, não há fórmula matemática capaz de explicar o fenômeno Grazi. Nem a própria consegue definir de maneira exata seu sex appeal. “Eu creio que ser sexy tem a ver com felicidade, com a naturalidade e com a espontaneidade. Eu nunca acho que está ligado ao apelo sexual”, arrisca.

‘‘Não tem nada mais sexy do que uma renda. Eu acho lindo!’’

É evidente que o estado d’alma conta nessa história. “Quando a gente está feliz, fica naturalmente mais sexy, aberta e disponível para as coisas à nossa volta”, explica. Defato, aos 28 anos, ela vive um momento de felicidade plena. Saída de um reality show, a ex-miss Paraná de 2004 venceu a batalha do preconceito no meio artístico e, hoje, com quatro novelas no currículo, está consolidada como estrela da emissora mais poderosa do País. Na vida pessoal, conquistou um dos homens mais cobiçados, Cauã Reymond, outro titular no time masculino de tirar o fôlego, que consta nesta edição. Grazi, portanto, está mesmo com tudo.

Um parêntese sobre trabalho, aliás. Grazi acaba de rodar um episódio do seriado As Cariocas, dirigido por Daniel Filho. “Contraceno com a Joana Fomm, que faz o papel da minha mãe, e sou par romântico do Marcelo D2. O roteiro é uma adaptação de A Desinibida do Grajaú, obra do Sérgio Porto de 1967 que já foi adaptada para a tevê em 1994.” Ela está escalada também para estrear no cinema, no longa Billi Pig, de José Eduardo Belmonte. “Estou muito feliz. Vai ser junto com o Selton Mello, que é um ator que eu admiro muito. Debutar ao lado dele será fantástico!”, vibra ela.

 

1 | 2 | 3 | 4 | Próxima >>

   


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS