- Anuncie
- Assine

   
 
Trajetória // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Luiza Brunet vale ouro
Ícone da beleza aos 48 anos, a ex-modelo e empresária Luiza Brunet afirma não ter vergonha de envelhecer e, refeita da separação do ex-marido Armando Hernandez, diz que já começa a olhar para os lados

Camilla Gabriella Fotos Robert Schwenck

Luiza conta que tem plena consciência de sua idade e não tem crise quando pensa em envelhecimento
"Asas de Ícaro", coleção 2008 (designers Ana Cecília Artiaga e Manuela Heffner)
Gargantilha coleção 2002 (designers Lena Garrido e Débora Camisasca) e anel coleção 2002 (designers Denise Maffizzoli)

Dizem que para a felicidade de uma mulher ser completa é preciso ter filhos, escrever um livro e plantar uma árvore. Aos 48 anos, Luiza Brunet já preencheu todos esses requisitos. A sensação é de plenitude ao completar 30 anos de carreira e ser reconhecida como referência na moda brasileira. Ícone da beleza, é quase impossível acreditar que esta mato-grossense continua solteira após ter se separado há dois anos e dez meses de Armando Hernandez, com quem teve os filhos, Yasmin, 22 anos, e Antônio, 11.
Sozinha desde outubro de 2007, quando encerrou o casamento de 25 anos, ela se reinventou e percebeu que é possível tocar a vida sem a presença de uma figura masculina. Se a vida amorosa ainda passa por ajustes, a profissional não deixa a desejar. Luiza foi eleita a nova Golden Girl, a embaixadora da 5ª edição do concurso de design de joias AngloGold Ashanti Auditions Brasil 2010. A sessão de fotos, acompanhada por Gente, aconteceu na sede brasileira da mineradora AngloGold Ashanti, perto de Belo Horizonte (MG). Em um dos cliques, ela posou sobre uma cama feita de barras de ouro, avaliadas em R$ 72 milhões.

Que balanço faz dos 30 anos de carreira?
O mais legal é ser respeitada, principalmente, pelos brasileiros. Não tem nenhum Estado que eu vá e as pessoas não me conheçam, mesmo fotografando na Serra da Capivara (PI). Fiz parte da moda brasileira e me sinto ainda um ícone por ter sido exemplo para duas gerações de modelos. Sou uma mulher realizada.

Como lida com o envelhecimento?
Não tive nenhuma crise. Sempre falo que envelhecer é irreversível e, de fato, é mesmo. Não tem como voltar o reloginho de 30 para 20 anos. Tem que estar consciente disso e envelhecer com dignidade. Acho que o fato de ser elogiada, olhar no espelho e achar que está bem é o grande ingrediente para você se sentir poderosa. Tem que ter esse equilíbrio de cuidar do corpo e da mente. Seja com 30, 40, 60, não importa.

PÁGINAS :: 1 | 2 | 3 | Próxima >>


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS