- Anuncie
- Assine

   
 
Reportagens // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Ensaio
Pronta para Hollywood
Giselle Itié é a estrela da superprodução americana Os Mercenários e conta como foi atuar ao lado de astros de ação do quilate de Sylvester Stallone, comenta a polêmica declaração dele sobre o Brasil, fala das cenas sem dublê, da maneira como conseguiu o papel - e a senha de acesso ao primeiro mundo do cinema

Por Simone Blanes

Blazer de viscose John Galliano para Trash Chic e ankle boots Christian Louboutin com anel de ouro rosa e brilhantes Talento Jóias


Tudo indica que os brasileiros perderão Giselle Itié para os ianques. Sua elogiada performance em Os Mercenários, blockbuster de ação que reúne estrelas hollywoodianas da envergadura de Sylvester Stallone, Bruce Willis e Arnold Schwarzenegger deu a ela credenciais para voos mais altos a partir da estreia do longa, no dia 13 de agosto. E, para voar nesta altitude, ela já aprendeu que é melhor decolar com segurança e preferiu não polemizar ainda mais sobre as declarações de Stallone a respeito de ter filmado no Brasil. "Houve muito respeito de todos os envolvidos no projeto e Stallone sempre se mostrou muito positivo em relação ao Brasil", declarou ela. Turbulências à parte, a atriz nascida no México e criada no Brasil, tem tudo para seguir os passos de outras musas latinas, como de Jennifer Lopez e Eva Mendes. Na pele de Sandra, Giselle mostrou no filme que está disposta a tudo - inclusive a dispensar o dublê - para se firmar como estrela em ascensão. Ela sonha alto. Contracenar com Meryl Streep, por exemplo. Ao mesmo tempo, ela mantém os pés no chão e na Record, emissora onde conquistou prestígio, sobretudo após sua atuação em Bela, A Feia. De namoro firme com o ator Caio Junqueira, Giselle continua simples, sem afetação, apaixonada por arroz e feijão com banana e farofa e uma "pimentinha" - seu menu pedido durante este ensaio fotográfico, realizado em um chateau no bairro do Morumbi, em São Paulo. Ao chegar ao local da sessão, que durou sete horas, Giselle brincou, fazendo alusão a estar abrindo as portas de sua mansão em Beverly Hills. Ainda não, Giselle. Mas quem sabe seja um presságio?


Pé quebrado - e quente
"No dia do teste, eu com o pé quebrado, de botinha azul royal, shorts e camiseta, indo levar minha cachorrinha ao veterinário em Copacabana. Quando me ligaram dizendo que tinha um teste com o Stallone no hotel Sofitel eu não acreditei. Precisava de um tempo para me arrumar, mas ou era aquela hora ou nunca mais. Cheguei ao hotel sem maquiagem, mancando e com a cachorrinha no colo. Lembro que quando eu entrei na sala as pessoas me olharam de um jeito estranho. Pouco antes, eu tinha visto a Juliana Paes e a Cleo (Pires) saindo lindas, maquiadas, de salto alto. Pensei: 'Deus, o que eu estou fazendo aqui?' Entrei e a gente conversou sobre o osso quebrado, fraturas e cachorros, que era o que eu tinha no momento, né? De beleza não podia falar (risos). O mais engraçado foi depois das filmagens que o produtor do filme me contou que nesse dia ele não tinha me aprovado. Mas o Stallone viu a Sandra em mim."

 

1 | 2 | 3 | 4 | Próxima >>



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS