- Anuncie
- Assine

   
 
Bastidores // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Holofotes em Diamantina
O diretor Ricardo Waddington e o elenco, com Selton Mello e Carmo Dalla Vecchia, passam 25 dias no interior de Minas Gerais para gravar A Cura, que estreia em agosto evocando o sobrenatural

Por Poliana Costa

Fotos: Alex Carvalho / TV Globo
Selton Mello vive um médico e curandeiro no novo seriado da Rede Globo

Foi entre montanhas, ladeiras e ruas de Diamantina, em Minas Gerais, que a Rede Globo armou um enorme set durante o mês de junho. A pacata e bela cidade localizada a quatro horas de Belo Horizonte foi escolhida pelo autor João Emanuel Carneiro como cenário da série A Cura, que tem estreia prevista para 10 de agosto. O trabalho marca a retomada de uma parceria antiga - de 26 anos - entre o diretor Ricardo Waddington e o ator Selton Mello. Depois de quase três anos longe da tevê, Selton volta como protagonista dessa história mística. "Já estava com saudade dessa comunicação com o público. Tenho feito tantos trabalhos lindos no cinema, mas nem sempre eles encontram seu público. Isso, às vezes, é decepcionante", comentou Selton.

A proposta, segundo Waddington, é que a atração tenha um tom de interior do Brasil e 80% do elenco é mineiro - inclusive Selton, que é da cidade de Passos. "Ele é um ator de grande inspiração. Sabe tudo de cena", elogiou o diretor, que lembra da primeira vez em que os dois trabalharam juntos, quando ainda era assistente de direção e "Selton era um garotinho". No elenco, estão também Ary Fontoura, Carmo Dalla Vecchia e Andréia Horta.

A série conta a história do retorno de Dimas Bevilláqua (Selton) à Diamantina. Ele deixou a cidade ainda criança, quando foi acusado do assassinato de um colega. Foi para São Paulo e se formou em medicina. Vinte anos depois, ao voltar, descobre ter uma milagrosa capacidade de cura. É nessa dualidade de assassino e curandeiro que se desenvolve a trama. "Essa complexidade me fascina. É uma história misteriosa, cheia de lacunas. Acho que pode prender o espectador que esteja ávido por um assunto tão nobre", opinou Selton. Para aproximar o telespectador de todo drama vivido por Dimas, João Emanuel retorna ao século 18, mostrando a chegada dos antepassados do personagem à região.

Fotos: Alex Carvalho / TV Globo
Carmo Dalla Vecchia será o vilão da série

1 | 2 | 3 | 4 | Próxima >>



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS