- Anuncie
- Assine

 
 
 
Reportagens // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Televisão
Malu na passarela
De volta às novelas após três anos, Malu Mader diz que gosta de ser vista como uma mulher comum, que cultiva o lado de dona de casa e afirma que envelhecimento não está entre as suas preocupações

Poliana Costa Fotos Marcelo Fernandes/ Ag. IstoÉ

 

Na primeira versão da novela Ti-ti-ti, a atriz tinha 19 anos. Agora, aos 43, faz o papel que foi de Marieta Severo

‘‘Já tive muitos problemas de saúde e essas questões mais graves são mais importantes para mim do que um ligeiro pé-de-galinha’’

PARECIA UMA DAQUELAS CENAS de final de desfile das semanas de moda em que a top model do momento é ovacionada pela plateia. Mas era Malu Mader “desfilando” em uma passarela montada em um dos estúdios do Projac para apresentação do elenco de Ti-ti-ti, a próxima novela das sete da Globo, que estreia na segunda-feira 19. Há três anos fora dos folhetins, a atriz arrasou ao apresentar sua personagem, uma editora de revista de moda, com direito a gritinhos dos colegas de elenco e da produção. Ela também ficou sob a mira atenta dos fotógrafos e jornalistas que participavam da entrevista coletiva sobre o remake da história de Cassiano Gabus Mendes. Inicialmente tímida, Malu logo se sentiu à vontade: fez caras e bocas, tirou o blazer e o rodopiou no ar, como se estivesse fazendo um strip-tease.

Minutos depois, Malu contava como se sente numa situação como esta. “Tenho pavor de desfilar porque fico bastante tímida. É engraçado isso, porque quando falo que sou tímida, acham que estou fazendo gênero”, tentava explicar enquanto era bombardeada com perguntas. Há exatos 25 anos, a atriz, com apenas 19 anos, interpretava uma jovem de sangue quente na primeira versão da novela. Agora, aos 43, encarna a personagem que foi feita daquela vez por Marieta Severo. Mesmo demonstrando que lida bem com o passar dos anos, Malu admitiu que é duro envelhecer na televisão. “O tempo está correndo para todo mundo, mas, sem dúvida, é mais duro para uma mulher que é atriz envelhecer do que para uma que está em casa, tranquila, não sendo tão cobrada por isso”, constatou. Malu não nega que seja uma mulher vaidosa, mas ressaltou que sua vaidade não é maior do que sua falta de estímulo para fazer procedimentos cirúrgicos invasivos ou paralisantes. “Já tive muitos problemas de saúde e essas questões mais graves são mais importantes para mim do que simplesmente um ligeiro péde- galinha. Não penso sobre envelhecimento”, explicou.

Musa de autores como Gilberto Braga e um dos ícones da televisão brasileira, Malu garante que “detesta ser reverenciada”. Gosta de cultivar o lado da mulher comum e não se considera diferente de outras que desenvolvem mil funções no dia a dia para dar conta da casa e da família. Um de seus prazeres é cozinhar para o marido e os filhos Antônio, 12, e João, 15. “Teve uma fase em que eu queria aprender tudo. Entrei numa de que mãe tem que saber cozinhar. Aprendi a fazer bastante coisa, mas não me acho uma excelente cozinheira. Sei fazer algumas coisas se tiver a receita, mas não sou aquela que improvisa”, contou, acrescentando que um dos pratos prediletos do marido e dos filhos é uma massa com queijo de cabra grego, tomate, manjericão e castanha.

Com uma silhueta invejável, Malu diz que mantém a boa forma com atividades prazerosas, como o tênis, que joga diariamente.“Não gosto de muito sacrifício, portanto procurei alguma coisa que me dê prazer. Jogo tênis porque gosto de brincar quando faço exercício. Também curto dançar”, contou. Ela revelou ainda que passou a adotar uma alimentação mais saudável com o passar dos anos. “Me alimentava muito mal quando jovem, sempre gostei de comer pesado, fui melhorando com a idade.” Outro segredo de beleza é a opção por uma vida tranquila e mais reservada. Nas horas livres, ela aproveita para ficar em casa, ler um livro ou assistir a um bom filme. “Busco momentos de silêncio, uma coisa que hoje em dia ninguém busca. Todo mundo quer estar acompanhado, twittando. Não estou criticando ninguém, mas acho que dar uma abaixada é bom. Não precisa participar de tudo a todo momento.”




Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS