- Anuncie
- Assine

 
 
 
Capa // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


"Tem que ser A mulher"
Reynaldo Gianecchini recorda de seus dias de modelo, comemora o papel de vigarista na novela e diz que só abandona a solteirice se encontrar a mulher certa

Por Bianca Zaramella e Simone Blanes / Fotos: Julia Moraes / Ag.IstoÉ

 

 

No ar como o vilão Fred, em Passione, Reynaldo Gianecchini tem arrancado suspiros do público feminino – e não por suas maldades. As cenas quentes protagonizadas por ele e Mariana Ximenes, seu par romântico na história, com direito a nudez, chamaram a atenção no horário nobre. Para o ator, o mais interessante são as nuances psicológicas do personagem. “O Fred fala uma coisa e pensa outra. Tem aquela cara de tranquilo, mas por dentro está um vulcão. Essas dualidades, como ator, são difíceis, mas muito interessantes. É um bom exercício”, contou ele que, ao lado da parceira de cena e de Maitê Proença, são os garotos-propaganda da Arezzo para o verão do ano que vem. O ensaio de fotos, na tarde do domingo 27, foi dirigido por Giovanni Bianco, que explicou a escolha do galã para a campanha. “Ele tem uma sensualidade bacana, mas ao mesmo tempo ele passa aquela coisa de menino de família que pode passar do outro lado da calçada”, contou o diretor de arte. Esta, aliás, foi a primeira vez que a marca usa uma figura masculina em seu catálogo.

Giane disse que, atualmente, vive para o trabalho, mas entregou que não descartaria um novo relacionamento. “Casar é uma delícia, mas acho muito difícil achar alguém. Só vale a pena estar junto quando você encontrar aquela parceira que você quer dividir tudo, quer estar junto mesmo. Quando achar alguém incrível, vai ser uma delícia casar de novo. Mas não quero abdicar desse momento tão gostoso de ter essa liberdade por qualquer coisa. Tem que ser A mulher”, afirmou o ex de Marília Gabriela. Confira em detalhes o papo de Gente com o ator, nos bastidores da campanha.

Loucuras de Giane
Eu sou um cara muito ponderado. Não sou de fazer loucuras, porque a minha razão é bem controladora. Só me altero se eu percebo que fui passado para trás e subestimado em minha inteligência. Qualquer pessoa que tente me subestimar, que tente me passar para trás achando que sou bobinho, me faz ficar bem irritado.

Fred, o bad boy
Está sendo um grande aprendizado. Me dá bastante trabalho porque ele é um cara controverso. Ele fala uma coisa e pensa outra, tem aquela cara de tranquilo, mas por dentro está um vulcão. Essas dualidades, como ator, são difíceis, mas muito interessantes. É um bom exercício.

 

1 | 2 | Próxima >>



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS