- Anuncie
- Assine

 
 
 
Trajetória // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Álbum
Kaká
Dando a volta por cima



Até a sua saída de campo, no jogo do Brasil contra a Coreia do Norte na Copa do Mundo na África do Sul, Kaká tinha corrido 8.872 metros. Mais veloz da partida, atingindo 29,84 km/h, para onde quer que ele fosse, tinha sempre alguém em seu pé: na chuteira do jogador, há um pequeno detalhe, bordado, com o nome Luca, o primeiro filho dele com Caroline Celico. Quando Kaká se casou, em 2005, tinha 23 anos e já era craque no Milan, mas sua carreira, por pouco, não aconteceu. Na adolescência, ele sofreu um acidente na piscina, quebrando uma vértebra. À época, ele jogava pelo juniores do São Paulo. Promovido ao time principal, em 2001, marcou dois gols na estreia, conquistando o Torneio Rio-São Paulo. No ano seguinte, foi convocado para a Seleção Brasileira. Logo depois, Kaká deixou o clube paulista e se transferiu para o Milan, no qual teve, em 2006, a melhor temporada de sua história, conquistando a Liga dos Campeões, sagrando-se artilheiro e arrematando o título de melhor jogador do mundo pela Fifa. Luca nasceu em 2008, e, no ano seguinte, Kaká se transferiu para o Real Madrid. Ainda se recuperando de uma lesão, Kaká está de volta à Seleção. A expectativa em torno do camisa 10 é de que ele volte a brilhar nos campos da África do Sul.

 

 

 

 



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS