- Anuncie
- Assine

 
 
 
Diversão & Arte // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Martinho da Vila
Música
"Noel Rosa tem seguidores como Raul Seixas"

Mauro Ferreira

 

Foto: Guto Costa
Martinho conta que realçou o lado sambista de Noel


Foto: Guto Costa


Poeta da Cidade
, o disco em que Martinho da Vila canta músicas de Noel Rosa (1910 - 1937), está nas lojas por acaso. A ideia era que o CD fosse encartado num livro em que vários escritores abordariam a obra de Noel no ano de seu centenário. Mas o projeto não foi concretizado e o disco ganhou vida independente, marcando a estreia de Martinho na gravadora Biscoito Fino. O artista conversou com Gente sobre o álbum no qual canta com suas filhas Mart'nália, Analimar e Maíra Freitas, uma pianista erudita apresentada pelo pai na MPB neste tributo a Noel.

 

A obra de Noel Rosa vem sendo constantemente regravada. Qual o conceito do seu tributo ao Poeta da Vila?
Quando eu me reuni com o Rildo (Hora, produtor do CD), falei justamente que queria arranjar um conceito para o disco e tratar Noel de um jeito diferente. E ele teve a ideia de que o disco reunisse as músicas feitas somente pelo Noel, sem parceiros.

Por que o repertório de Noel Rosa continua sendo tão gravado enquanto outros compositores da geração dele caíram no esquecimento?
O Noel está vivo por causa do pessoal de Vila Isabel (bairro carioca onde o compositor nasceu e onde Martinho morou durante anos, a ponto de incorporar o 'Vila' ao seu sobrenome artístico). Lá, ele é reverenciado feito um Deus. E acontece que Noel Rosa tem seguidores, assim como Raul Seixas. Esses fãs não os deixam ser esquecidos.

Não seria por causa também do tom coloquial das letras?
Sim, descontadas algumas referências a termos da época, as músicas do Noel que eu canto neste disco poderiam ter sido feitas este ano. Não dá para explicar.


1 | 2 | Próxima >>



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS