- Anuncie
- Assine

 
 
 
Capa // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Um conto de fadas bilionário trocado pela política
A brasileira Ana Paula Junqueira se separa do empresário sueco Johan Eliasch, com quem viveu por sete anos nas altas rodas do jet set internacional, e sonha com a vida em Brasília

Gisele Vitória FOTOs Julia Moraes/Ag.IstoÉ

Blazer branco Daslu Bota GUCCI

Ana Paula na fazenda Espírito Santo em Sousas, próximo a Campinas (SP). A propriedade de 400 alqueires é da família Junqueira desde sua infância

Os olhos verdes de Ana Paula Junqueira podem até ser oblíquos quando ela quer, mas quase nunca se desviam. Desde os tempos de menina criada em fazenda no interior de São Paulo, ela é portadora de um olhar fixo, do tipo que encara qualquer coisa: seja uma conversa de igual para igual com Nelson Mandela ou com o ex-vice presidente americano Al Gore, seja um corpo-a-corpo de campanha política ou mesmo uma cantada indesejável, que ela dispensa com inacreditável simpatia e ainda consegue votos. De posse desse segredo dos olhos mais o excepcional talento para se relacionar, a brasileira de Santa Rita do Passa Quatro (SP) ganhou as altas rodas do jet set mundo afora e conquistou há oito anos o bilionário sueco Johan Eliasch. A união de sete anos com um dos homens mais ricos da Europa (oficializada em cartório em Londres, em 2009) elevou Ana Paula a um patamar digno de um conto de fadas: seis mansões pelo mundo e um iate que é quase um navio; voos semanais pelo eixo Londres, Paris, Nova York, São Paulo, Saint-Tropez; trânsito livre nas festas e nos jantares mais cobiçados do planeta e uma rede de amizades que inclui famílias reais, políticos, empresários e celebridades de expressão internacional. Além do poder econômico, Eliasch tem influência política. Considerado o maior contribuinte individual do Partido Conservador britânico (cerca de 3 milhões de libras), o bilionário também foi, até um mês atrás, assessor especial para assuntos de clima do ex-primeiro ministro Gordon Brown, do Partido Trabalhista.

Camisa Daslu Calça Current Eliot Bota Chanel

 

1 | 2 | 3 | 4 | 5 | Próxima >>



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS