- Anuncie
- Assine

 
 
 
Separação // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


"A Gente tem que ser feliz"
Mais positiva, Deborah Secco vai a show de Ivete Sangalo, no Rio, e ainda pensa em reatar seu casamento com o jogador Roger Flores, mas diz a amigos que se sente insegura

Poliana Costa Fotos Marcelo Fernandes/Ag. IstoÉ


Quando chegou ao alto do morro da Urca na noite da quinta-feira 13, para assistir ao show de Ivete Sangalo, na festa da TAM, Deborah Secco parecia ter deixado todos os problemas recentes de sua vida pessoal no chão, a 220 metros para baixo. Nem sinal da tristeza por conta do final do casamento com Roger Flores. Animada, a atriz circulou com a mãe, Silvia, e a irmã, Bárbara, reencontrou amigos, ganhou o carinho de Juliana Paes e se esbaldou de dançar na companhia de Fernanda Paes Leme. Discreta com os jornalistas presentes, ela não se recusou a comentar com os amigos na festa sobre seu momento atual. "A gente tem que ser feliz! Às vezes nos trancamos em casa e choramos, mas quando a gente sai, tem que ficar bem", disse ela a uma amiga poucos minutos antes de o show começar.
Embora não fale publicamente, Deborah não teria descartado completamente uma reconciliação com o ex. Mas, se a ideia tinha força há 20 dias atrás, ela perdeu intensidade quando viu Roger beijar uma modelo, Rafaela Gewehr, de 16 anos, no dia 30 do mês passado, em uma boate de Belo Horizonte. O episódio deixou Deborah ainda mais insegura quanto às reais intenções do jogador. "Hoje eu diria que as chances de ela reatar são de 50%. Ela tem se questionado se deve ignorar os sinais que tem recebido de Deus", conta outra amiga.

Entenda-se por "sinais de Deus" a recorrência de deslizes do rapaz. As primeiras decepções teriam acontecido antes mesmo de oficializar sua união com o jogador, em 6 de junho de 2009, em um castelo na cidade de Itaipava, região serrana do Rio. Pouco antes do casamento, Deborah descobriu que Roger havia sido infiel logo no início do namoro. Mas considerou que o romance não estava muito maduro e perdoou o jogador. Agora, ela avalia se, diante dos últimos acontecimentos, valeria mesmo a pena retomar a relação, ainda mais que deve voltar a trabalhar intensamente nos próximos meses e ficaria longe do jogador. "Ela pensa no futuro, na possibilidade de ter um filho e continuar sofrendo com as infidelidades dele", ressalta a amiga. Uma outra pessoa bem próxima a Deborah, no entanto, afirma que seria prematuro apostar em qualquer decisão porque a atriz está muito dividida. "Eles se gostam, ele diz que ela é a mulher da vida dele, mas ela não está segura."

PÁGINAS :: 1 | 2 | Próxima >>


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS