- Anuncie
- Assine

 
 
 
Diversão & Arte // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Cinema
Paixão em tempos de guerra

Suzana Uchôa Itiberê

Channing Tatum é um soldado e Amanda Seyfried, a estudante que espera por ele

Querido John, versão do bestseller de Nicholas Sparks, é uma história de amor açucarada para se assistir com lencinho na mão

NICHOLAS SPARKS descobriu um nicho que não entra em crise: o dos romances femininos. Seus 15 livros venderam mais de 50 milhões de exemplares pelo mundo e Hollywood logo deu sua bicada nessa lucrativa montanha de açúcar. São sete adaptações, entre as quais Noites de Tormenta, Uma Carta de Amor e Diário de Uma Paixão. As mais recentes chegam por aqui neste mês, Querido John, que estreia esta semana, e A Última Música. As leitoras de Sparks o aclamam pelas histórias melosas que arrancam tonéis de lágrimas. E esse é um autor que acredita no poder da palavra escrita e no galanteio à moda antiga, porque grande parte de seus pombinhos se comunica por cartas.

É o que acontece com os enamorados interpretados por Channing Tatum (G.I. Joe – A Origem de Cobra) e Amanda Seyfried (Mamma Mia!). Ele é um soldado e ela uma estudante rica que se dispõe a esperá-lo enquanto o amado defende o país no front. E dá lhe missivas. Claro que uma delas trará notícias ruins. A dupla central tem sintonia, mas o diretor Lasse Hallström, que dirigiu o delicioso Chocolate, desta vez esbarra no enredo frágil, com reviravoltas que não surpreendem, e em personagens unilaterais e mal desenvolvidos. Seu filme é tão doce e certinho que deixa a impressão de que uma pitada de sal cairia muito bem. (Classificação indicativa: a conferir)

 

 

 



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS