- Anuncie
- Assine

   
 
Reportagens // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Comportamento
Um dia com Luana Piovani
Gente acompanhou as atividades da atriz que, para estrear seu primeiro musical, O Soldadinho e a Bailarina, incluiu em sua rotina aulas de canto e balé clássico e praticamente parou de fumar

Camilla Gabriella fotos Robert Schwenck/Ag.IstoÉ


LUANA PIOVANI está literalmente dando pulos e rodopios para conseguir cumprir todos os afazeres antes da estreia de seu novo espetáculo, O Soldadinho e a Bailarina, no domingo 18.

A reportagem de Gente acompanhou um dia da preparação da atriz para a peça, uma livre-adaptação do conto “O Soldadinho de Chumbo”, do dinamarquês Hans Christian Andersen. Ela já protagonizou Alice no País das Maravilhas e O Pequeno Príncipe, mas este é seu debute em musicais. Para se preparar, Luana está tendo aulas diárias de balé clássico e canto. Além disso, tem evitado o cigarro. “Sou uma fumante muito da safada. Tenho me permitido fumar uma vez por semana. De uns dois anos para cá, acabei fazendo do cigarro uma muleta. Era mais um prazer mundano. Está sendo bom parar, porque vejo como isso se reflete no canto. A voz fica mais limpa”, conta.

Na peça, a bailarina Sofia, personagem de Luana, nutre um amor intenso pelo soldadinho de chumbo, capaz de morrer para ficar ao seu lado. Na vida real, a história é outra: a atriz não é do tipo que faz tudo por amor. “Acho que posso me considerar uma pessoa que acredita e investe no amor. Já consigo saber o que pode me agregar valores e o que pode me fazer mal. Jamais me sacrificaria por alguém que não merece.”

E será que o contato com o universo infantil aguça seu lado maternal? Ela diz que sim. “Tenho muita vontade de ter filhos e uma família numerosa. Mas para isso precisa de duas coisas: primeiro o pai, depois tempo. Agora estou estreando uma peça que vai ficar um ano em cartaz. Até o fim de 2011, está fora de cogitação”, explica a atriz, que namora o empresário Felipe Simão desde 2008. Ela nega os rumores de que teriam terminado. “Estamos reavaliando as coisas. Se o tipo de relacionamento que a gente tem é o que nós gostaríamos. Estamos fazendo um balanço-geral. Não adianta ficar brincando de namorar. Tem que estar junto para somar e ver o que quer realmente. Se os dois estão com o mesmo objetivo”, comenta.

Em 2011, Luana filmará A Mulher Invisível 2 e também vai preparar um novo espetáculo. Dessa vez, destinado aos maiores de idade. A atriz, no entanto, admite sua preferência por espetáculos infantis. “Acho que inconscientemente faço todos esses infantis com medo dessa criança que existe dentro de mim se perder. Tudo que eu não quero, como diz o Pequeno Príncipe, é virar uma pessoa grande no sentido de botar só máscara e armadura ao seu redor. Quero sempre ser colorida.”

 

 

1 | 2 | 3 | 4 | Próxima >>

   


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS