- Anuncie
- Assine

 
 
 
Carreira // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Salve, Glória!
De volta à tevê depois de dois anos, Glória Maria retoma as grandes reportagens no Globo Repórter e diz que seu maior desafio, agora, é controlar a saudade das filhas

Camilla Gabriella

 

Fotos: Arquivo pessoal
A jornalista gravou reportagens em Brunei, na Ásia: saudades das filhas na volta à tevê

Em 39 anos dedicados ao jornalismo televisivo, Glória Maria jamais assistiu a uma reportagem que tenha feito – e não foram poucas – quando as mesmas estão prontas e vão ao ar. Nesta sexta-feira 9, porém, a jornalista está prestes a quebrar essa tradição. Pela primeira vez ela promete ver o resultado de seu trabalho em sua estreia como repórter especial do Globo Repórter. “As pessoas estão me recebendo com muito amor no programa. Eu estou pensando em reunir toda a equipe na minha casa. Será a primeira vez na minha vida que vou assistir sentadinha do início ao fim, uma reportagem minha. Me deu vontade de reunir todos para ver se essa energia boa continua circulando”, comemora.

Fotos: Arquivo pessoal

A volta à tevê após dois anos de sua despedida do Fantástico será em grande estilo. Glória passou 16 dias em Brunei, na Ásia, desvendando histórias de um país que é considerado um dos menores e mais ricos do mundo. “Fomos para lá porque era um país que a tevê ainda não tinha mostrado. Queríamos que eu voltasse com uma coisa nova”, explica ela, que viveu aventuras de tirar o fôlego. Durante uma de suas caminhadas pela mata nativa (ela e equipe buscavam registrar imagens de uma rara espécie de macaco), a jornalista foi atacada por sanguessugas. “Já fiz várias matérias e viagens de aventura e nunca tinha sido picada nem por mosquito, mas foi a primeira vez que fui pega de jeito. Estávamos fazendo uma caminhada e duas sanguessugas entraram na minha bota. Senti um desconforto, mas achei que era a meia. Quando tirei a bota, vi aquelas coisas enormes, uma em cada pé. Ainda estou com as marcas”, diverte-se.

Mas este não parece, nem de longe, ter sido o maior desafio enfrentado por Glória: “Difícil mesmo foi ficar longe das minhas filhas. Morri de saudades”, conta a mãe de Maria, 2 anos e Laura, 1 ano. Esta situação, aliás, não pretende ser repetida. Na nova rotina de trabalho da jornalista, ela fez questão de priorizar sua vida pessoal. “Estou tendo vida. Planejei o meu feriado da Semana Santa com as minhas filhas, tem noção? Agora vou dedicar todo o meu tempo às minhas filhas”, avisa.

 



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS