- Anuncie
- Assine

 
 
 
Diversão & Arte // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Televisão
Intimidades públicas

Aina Pinto

Alexandre Campbell
“Tem erotismo, mas de uma forma elegante”, conta Preta, sobre o programa

Preta Gil estreia Vai e Vem, no GNT, na sexta-feira 26, às 23h30. O programa, dirigido por Tiago Worcman, traz entrevistas sobre sexo dentro de um elevador que passa por andares temáticos rumo a uma cobertura, onde há um mistério

Como surgiu a ideia do programa?
Vinha conversando sobre ter um programa no canal, quando me perguntaram se eu me sentiria à vontade para falar sobre esse tema e eu disse que, em princípio, sim, mas que era um assunto delicado. A primeira coisa que me veio à cabeça foi o nome, Vai e Vem, que remete ao movimento do sexo, de pessoas. E o Tiago teve a ideia do elevador. Os andares têm temas, como o “69”, que é um bate-bola com os convidados; o “Kama Sutra”, sobre posições; o “Perereca”, com perguntas picantes.

Durante as gravações, algum convidado já ficou constrangido? Ou você já ficou?
A palavra constrangimento não entra. Acho que, por causa da minha personalidade, deixo todo mundo à vontade. O máximo que rola é uma bochecha vermelha (risos). Mas ninguém é obrigado a responder o que não quer.

É possível falar de sexo com humor?
Sim. Levo tudo para o humor porque, se alguém ficar constrangido, a piada quebra o clima ruim. A ideia é tratar o assunto de forma leve, descontraída e com informação.

Qual é o limite da intimidade? Há coisas que os convidados dizem que não vão ao ar?
Eu barro algumas coisas, porque o programa não é pornô. Tem erotismo, mas de maneira elegante. Quando chegam com as perguntas, já digo: “Isso eu não tenho coragem de perguntar”. Eu, Preta, tenho pânico, não gosto de filme pornô, me deixa constrangida. E temos imagens disso. Eu tapo os olhos (risos). Vou apresentar um programa sobre sexo, mas não sou uma expert. Eu me considero uma boa comunicadora.



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS