- Anuncie
- Assine

 
 
 
Esporte // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


O careca voltou!
Ronaldo Fenômeno raspa a cabeça e recupera o visual que o consagrou em suas vitórias

Thaís Botelho

Foto Orlando Oliveira/ Ag. News

O parque São Jorge parou na manhã da terça-feira 16. Ao chegar para retomar os treinos do Corinthians, Ronaldo "Fenômeno" Nazário entrou em campo totalmente careca. "Agora é o Ronaldo de verdade! Assim, ele dá até medo!", exclamou, em tom de brincadeira, o amigo e lateral esquerdo, Roberto Carlos. Apesar das piadas que ouviu dos jogadores do clube, todos curtiram o novo visual. Nas ruas de São Paulo, onde tem circulado, ele também recebe o aval dos fãs, como os comentários que ouviu quando foi a um restaurante nos Jardins, bairro nobre paulistano, na quinta-feira 18.
O largo sorriso exibido ultimamente não deixa dúvidas de que a careca é um símbolo e algo além da vaidade. Afinal, ele estava com o couro cabeludo bem lisinho quando recebeu alguns de seus grandes títulos, entre eles, os das Copas do Mundo na Seleção Brasileira em 1994 e 2002 (quer dizer, nesse ano, manteve só uma franja, num corte apelidado de "Cascão", numa referência ao personagem de Mauricio de Sousa). "É o que eu falo, o guerreiro voltou. E voltou não para o Brasil, mas para o mundo. Ele estava ferido, mas não morto. A careca sempre foi a marca registrada do Ronaldo", declarou Fabiano Farah, empresário do craque à Gente, na tarde da sexta-feira 19.

A decisão de se despedir dos cachos aconteceu na segunda- feira 15, dois dias após o jogador desfilar pela primeira vez no Carnaval de São Paulo, onde emocionou os fãs que o assistiram em um dos carros alegóricos da Gaviões da Fiel.
Segundo amigos, há tempos ele queria raspar a cabeça, mas um contrato com uma empresa de tônico capilar o impedia. Coincidentemente, três meses depois de ter deixado o cabelo crescer ele sofreu uma grave contusão no Milan, que quase o tirou dos campos. "Foi decisão dele mesmo e todos ficamos muito felizes, pois ele renasceu. A idolatria que o mundo tem por Ronaldo independe de sexo, cultura ou etnia. A careca é símbolo de superação que marca a vida dele", completou o empresário. De acordo com a equipe do clube, a única prioridade que Ronaldo tem é o Corinthians.

Dentro desse roteiro de 2010, tem Libertadores e, depois, um Mundial Interclubes. "A Copa é uma consequência natural do clube. O Dunga é uma pessoa muito inteligente e está conduzindo tudo isso com grande excelência. Ele já disse que o Ronaldo não precisa ser testado. Na história de vida do jogador, nada é impossível", concluiu Farah.

PÁGINAS :: 1 | 2 | Próxima >>


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS