- Anuncie
- Assine

 
 
 
Capa // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


"Sempre falei que solidão não existe"
Otimista, Hebe Camargo recebe apoio de amigos, oração da vice-primeira-dama e diz que gostaria de seguir seu tratamento contra o câncer em casa, ao lado dos animais, recebendo os amigos e tomando sua cervejinha

Ana Carolina Soares, Bela Megale e Thaís Botelho Colaboraram Aina Pinto e Bruno Deminco

paulo vitale/Ag. IstoÉ
A apresentadora posa em abril de 2008 na sala de sua casa, no Morumbi, onde quer receber os amigos após a alta. Com a dieta liberada, mas sob a supervisão de uma nutricionista do Albert Einstein (foto), a apresentadora dispensou a cozinha do hospital e encomendou seus pratos às funcionárias de casa
fabiano cerchiari/Ag. IstoÉ

Hebe Camargo sabe que terá uma dura jornada nos próximos cinco meses e, diante da batalha inevitável contra o câncer, tem tido a coragem digna da deusa mitológica que inspirou seu nome. Em grego, Hebe significa juventude eterna e é exatamente esse joie de vivre, tão característico da apresentadora brasileira de 80 anos, sua principal arma contra a doença. "A cada dia amo mais a vida", declarou à Gente por meio de seu filho, Marcello Camargo, que afirma ter tido o pior dia de sua vida ao saber o diagnóstico. "Todo mundo ficou abalado. Minha mãe sentiu medo, claro. Mas ela é forte e se recuperou logo", contou. Diagnosticada na segunda-feira 11 com câncer primário de peritônio (membrana que envolve todos os órgãos das regiões abdominal e pélvica), a apresentadora vai precisar de outras sete sessões de quimioterapia no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, onde se internou na sexta-feira 8. A primeira foi na quarta-feira 13. Até a metade do ano, em seu caminho para a cura, ela enfrentará procedimentos que trazem efeitos colaterais, como fortes náuseas, queda dos cabelos e diminuição das defesas do organismo. Mas o otimismo da apresentadora mais querida do Brasil contagia toda a família: "Temos que agradecer a Deus que a doença é tratável e curável", diz Marcello.

 

1 | 2 | 3 | 4 | 5 | Próxima >>



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS