- Anuncie
- Assine

 
 
 
Diversão & Arte // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Cinema
Fantasia para gente grande
Aventuras de um menino por um mundo imaginário são transformadas em delicado painel da carência afetiva

WARNER BROS PICTURES
O filme é dirigido por Spike Jonze, a mente por traz de obras como Adaptação

Onde Vivem os Monstros não é para crianças, mas para a criança que existe dentro de todo adulto. Spike Jonze é a mente inventiva por trás de filmes como Adaptação e Quero Ser John Malkovich, e aqui transforma o querido livro infantil escrito em 1963 por Maurice Sendak em uma extraordinária jornada pelas inquietudes humanas.

O original é ilustrado e não tem mais de dez frases. Depois de perseguir um cachorro com o garfo, brigar com a irmã e atacar a mãe, o garoto Max é colocado de castigo. Ele escapa e vai parar nessa ilha habitada por criaturas assustadoras, porém incrivelmente gentis, da qual se torna rei. Jonze expande essa narrativa simples e cria uma fascinante nebulosa entre a fantasia e a realidade. Max não encontra um paralelo óbvio de seu mundo real.

Alguns monstros são reflexos de seus familiares, mas outros parecem representar estados de espírito. Não há respostas prontas nessa obra de amplos significados, que se abre a diversas leituras. O que não se pode questionar, contudo, é a verve inspirada com que o diretor retrata a necessidade primordial do homem: amar e ser amado. (10 anos) Suzana Uchôa Itiberê

 



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS