- Anuncie
- Assine

 
 
 
Maternidade // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


De volta ao batente
Depois de ficar um ano fora do ar para cuidar do filho caçula, MARIA FERNANDA CÂNDIDO volta à tevê nos especiais A Princesa e o Vagabundo e Dalva e Herivelto

Luciana Azevedo e Poliana Costa | FOTOS Marcelo Fernandes/ Ag. IstoÉ

AOS POUCOS, Maria Fernanda Cândido voltou a frequentar o Projac, os estúdios de gravação da Rede Globo. Para acompanhar os primeiros meses de vida do segundo filho Nicolas, de 1 ano, caçula de seu casamento com o empresário francês Petrit Spahija, a atriz esticou suas férias após a minissérie Capitu, que foi ao ar em dezembro de 2008. Assim, ela pôde cuidar do bebê e do primogênito Tomás, de 3 anos, na casa da família, na capital paulista. Em abril e no segundo semestre, Maria Fernanda voltou às gravações em dois trabalhos. O primeiro será exibido no primeiro dia do ano. É o especial infantil A Princesa e o Vagabundo, protagonizado por Renato Aragão e sua filha Livian. Nesse trabalho, a atriz paranaense interpreta a rainha Valentina. Para ela, o programa é um marco em sua vida. Foi a primeira vez que levou Tomás a um set. "Fiquei muito emocionada", lembra. Há dois meses e meio, Maria Fernanda também gravou a microssérie Dalva e Herivelto, uma canção de amor, com estreia em 4 de janeiro. Nesse trabalho, a atriz interpreta a aeromoça Lurdes, que foi amante e depois se tornou a segunda mulher do cantor Herivelto Martins, papel de Fábio Assunção.

Como foi voltar à tevê num especial infantil?
Foi uma delícia e muito significativo, porque o meu filho mais velho visitou pela primeira vez as gravações. Acho que não poderia ter tido oportunidade melhor, porque meu figurino era de rainha. Para a imaginação fértil de uma criança, você imagina o que foi isso? E pude observar uma outra geração da minha família que se rende aos encantos, carisma e talento do Renato Aragão, o Didi. Ele é nosso querido, amado. Fiquei muito emocionada.

Sua rotina ficou pesada?
Não chamaria de pesada, mas ficou tudo muito corrido. Eu estava parando de amamentar em abril. Fazia um esquema de chegar de manhã, gravar e voltar para casa. Fiz isso em Dalva também. Gravava segunda e quinta. Hoje estou dando prioridade para esse esquema de ir e vir. Sempre tive apoio dos diretores e da produção. Esse é um dos fatores que me faz ser muito feliz por trabalhar na Rede Globo. Sou muito bem-acolhida.

"Ele acompanhou a gravação e viu que a mamãe trabalha com as histórias. Mas ele não entende muito bem. Ele achou que eu era rainha"

Maria Fernanda Cândido, sobre o filho, Tomás, de 3 anos, que acompanhou uma gravação do especial A Princesa e o Vagabundo

Acredita que nasceu para ser mãe?
Acho que sim, nasci para ser mãe, mas também amo minha profissão. Só que tem uma pequena fase inicial, quando a criança nasce, em que você realmente tem que estar muito presente. Não que depois não precise, mas a criança, à medida que cresce, começa a entender o que é o trabalho, o tempo, a semana. Meu filho maior vai fazer 4 anos. Quando falo que vou passar o fim de semana trabalhando, mas na segunda-feira, o dia da escola, volto, ele consegue entender. Isso gera menos ansiedade, menos estresse. Uma criança que tem 2 anos não sabe. Acha que a mãe sumiu. Nesse momento você precisa ter essa responsabilidade e cuidado. Afinal, você pôs no mundo e é seu filho.

O Tomás compreendeu seu trabalho?
Mais ou menos. Ele acompanhou a gravação e viu que a mamãe trabalha com as histórias. Mas ele não entende muito bem. Ele achou que eu era rainha. Mas acho muito importante ele participar e ver como é esse trabalho.

 

1 | 2 | Próxima >>



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS